quinta-feira, fevereiro 26, 2015

Everything is all right...

Fotos de paisagem natural. / Natural landscape photos. 

O passado, ficou para trás... nunca o poderás mudar. Mas podes vê-lo como uma aprendizagem.
O futuro, desenha-se nas linhas do presente.
Cada dia, é uma tela em branco... uma dádiva, e uma nova oportunidade para seres feliz.
Cria e aproveita as tuas oportunidades... e assim, tudo estará sempre certo...

Foto de Ana Freire... E por aqui fica mais um link, com uma música das minhas preferências...
Talk Talk - Life's What You Make It.
Porque a música dos anos 80, nunca passará de moda... pelo menos, por aqui.

O passado, ficou para trás... nunca o poderás mudar. Mas podes vê-lo como uma aprendizagem. O futuro, desenha-se nas linhas do presente. Cria e aproveita as tuas oportunidades... e assim, tudo estará sempre certo... / The past was left behind... you can never change it. But you can see it as a learning process. The future, is drawn with the lines of the present. Create and do not miss your opportunities... and so, everything will be all right...
Tudo está tão certo... / Everything is all right...

The past was left behind... you can never change it. But you can see it as a learning process.
The future, is drawn with the lines of the present.
Each day is a blank canvas... a gift, and a new opportunity for you to be happy.
Create and do not miss your opportunities... and so, everything will be all right...

Photo by Ana Freire... And here it is another song of my preference...
Talk Talk - Life's What You Make It. (See the link above on this post).
Because the music of the 80s, will never be out of fashion... at least here.


21 comentários:

  1. P passado se foi.Pensemos no futuro e de bem nele andar e agir! Linda foto! bjs, boa noite, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais, Chica!
      Recordar o passado, viver o presente, e confiar no futuro.
      Muitíssimo obrigada, pelo comentário, e simpatia de sempre...
      Beijos. Bom domingo!
      Ana

      Eliminar
  2. Do passado ficaram as memórias...o futuro é um mistério...vivo o presente esperando não ser surpreendida negativamente.

    Excelente foto. A árvore em primeiro plano foi a cereja no topo do bolo.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um dia de cada vez, Elisa!... É como a vida se nos apresenta, e tem de ser vivida, e apreciada... e às vezes, também haverá males, que vêm por bem... embora só bem mais tarde, nos apercebamos disso mesmo...
      Muitíssimo obrigada, pela visita e palavras de apreço, Elisa!
      Beijos
      Ana

      Eliminar
  3. Certeiras palavras Ana...

    Belo fim de semana de aqui dos calhaus
    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vai-se fazendo o possível, João, por utilizar as palavras, para motivar, e inspirar, aqui deste lado...
      Para nos ferir, e deprimir... bastam-nos os nossos políticos... que por si só, já fazem um bom trabalho...
      Beijos, aqui da Aldeia da Roupa ao Vento...
      Bom domingo... que o sábado já está quase todo ido...
      Ana

      Eliminar
  4. Ao ver esta fotografia, sou rejuvenescido pelas minhas memórias de infância. E mais uma vez, estamos mais ou menos sintonizados. Já tenho agendada para aparecer amanhã, uma fotografia em que vou "divagar" sobre as brincadeiras que fazia em campos como este.
    :-)

    Belo verde. Belo ambiente. Belo ar. Bela paisagem. Belo estado.
    Tudo está tão certo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o passado está para trás, não podemos muda-lo. mas devemos não esqueço-lo... vai ser útil no presente!
      excelente imagem... dá a sensação de calma!

      Eliminar
    2. Respondendo ao Paulo...
      Eu só prometo que tudo está certo na minha fotografia...
      Fora da fotografia... deixo as promessas de que tudo está certo, para o nosso Primeiro Ministro... ele bem se esforça... mas ainda não me convenceu...
      Ora em relação ao passado... Nem mais! O passado às vezes, serve para não voltarmos a repetir, os mesmos erros no futuro... mas por outro lado... faz-nos olhar para tudo, com uma perspectiva bem mais estreita... pois tudo se nos assemelha ao que deu errado para trás... logo, também nos turva a visão das coisas, tal como elas são...
      Por isso, há que manter tudo na devida perspectiva, pelo que sem dúvida, o passado tem mesmo de ser útil no presente, para melhor se viver o futuro... sem limitações ou condicionalismos, impostos pelo passado.
      Ora, calma... uma coisa que aprecio imenso... e que às vezes, insiste em fugir-me... e lá vou eu atrás dela, outra vez...
      Obrigada, pela simpatia de sempre, Paulo!
      Abraço
      Ana

      Eliminar
    3. Respondendo ao Remus...
      Ainda bem Remus, que sai daqui rejuvenescido...
      Por aqui, sempre que possível, gostamos de fazer parar o tempo, ou fazer o relógio andar para trás, de vez em quando, com as nossas escolhas...
      Já vi a tal foto, de que o Remus fala, e adorei. Impossível não ter boas recordações, quando se viveu no meio da natureza. Quando se vive no meio das pessoas (algumas)... aí é que chegam as más recordações... com as suas atitudes, opções, exigências, julgamentos, cobranças, desilusões... enfim... Na natureza só há espaço para sossego, tranquilidade, espontaneidade, envolvência e paz.
      Fico feliz que tenha apreciado, mais uma imagem, aqui dos United States of Loures...
      Beijos. Bom domingo, Remus!
      Ana

      Eliminar
  5. Foto maravilhosa! Perfeita!

    As palavras são muito certas. O passado não nos deve condicionar, mas pode ensinar-nos.

    Um beijinho e um bom fim-de-semana:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Isabel!
      E é mesmo assim, como a Isabel diz, o passado não nos deve condicionar o presente, nem mudar a forma de encarar o futuro... mas devemos dele retirar as devidas ilações, e manter tudo na sua devida perspectiva... senão arriscamo-nos a que o passado se torne num presente... envenenado...
      Beijinhos. Bom domingo! Grata pela simpatia de sempre...
      Ana

      Eliminar
  6. Foto inspiradora. A natureza nos oferece descanso, nesses tons que tanto admiro. Muito linda!
    Do que passou, guardamos lembranças. E elas são preciosas.
    Ainda não me animei a voltar (rss), mas agradeço o carinho. Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, Marilene! Do passado apenas devemos guardar as boas lembranças... e se o passado não foi muito bondoso connosco, para quê continuar a dar-lhe força, a toda a hora, lembrando-nos do que, ou de quem, nos deitou abaixo.
      Só as boas recordações são preciosas... ficam para sempre, e andam sempre connosco.
      Só essa parte do passado, deverá andar sempre presente.
      Tenho imensas saudades suas, Marilene! Mas é mais do que compreensível... Todos precisarmos de um tempinho só para nós, por vezes...
      Desde que você esteja bem, é o que interessa. O resto, pouco importa...
      Beijinhos
      Ana

      Eliminar
  7. Reflexão sábia a. sua, Ana. Muito do que é a nossa vida resulta do rumo que lhe demos, só que por vezes há uma coisa chamada destino(?) que lhe troca as voltas. Cabe-nos reescrever a folha em branco? Cabe, mas quantas vezes a que preço!
    Se lhe disser que fiquei imenso tempo a olhar a fotografia, acredita? Que paz, que tranquilidade, que verdade só possível quando dada pela Natureza.
    Em termos de gostos musicais estamos muito próximas.:))
    Beijinho e bom Domingo.




    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente, GL! Isso do destino... confesso que ainda ando a meditar sobre o assunto... há quem defenda que tudo já está escrito, pré-destinado à partida... e há quem defenda que nós temos uma palavra a dizer sobre a matéria...
      Dê por onde der... nunca nada é por acaso, e tudo tem um sentido... se somos nós, ou algo superior que terá a última palavra... confesso que ainda não cheguei a uma conclusão definitiva... nós temos a ilusão de que podemos controlar tudo, minimamente, na nossa vida... e depois algo acontece, que vira tudo ao contrário, e nos mostra como tudo isso é tão ilusório, e que haverá coisas a que dávamos valor, que de repente deixam pura e simplesmente de fazer sentido... e outras, a que se não davam importância, que passam a ter toda a importância do mundo...
      Esta vida, ainda terá muitos mistérios ainda não plenamente compreendidos... por nós, pelo menos...
      A fotografia?... Regista apenas um local, dos muitos, que por estes lados, ainda podem ser apreciados... onde o verde e a Natureza, ainda predominam... com uma relativa tranquilidade.
      Felizmente, esta zona, ainda é considerada um dos poucos pulmões verdes, mesmo às portas de Lisboa...
      Fiquei agradavelmente surpreendida, por termos gostos musicais idênticos. Confesso que de vez em quando, tenho um ou outro gosto, menos convencional...
      Beijinhos, GL! Grata pela visita e simpatia...
      Ana

      Eliminar
  8. Quem assim escreve... não pode parar. Linda também a foto.
    Boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Rui!
      Fico tremendamente lisonjeada com as suas palavras, incentivo e simpatia.
      Uma excelente semana! Grata pela visita e comentário...
      Ana

      Eliminar
  9. Fiquei aparvalhado (é este o termo correcto) com o verde da fotografia, e fiquei pensativo com o belo texto/pensamento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este ano, ainda não está bem assim...
      Esta foto foi tirada no ano passado, a meio de uma Primavera bem chuvosa, pelo que estaria tudo mais verdejante por estes lados.
      As palavras... costumo juntá-las, para ver se sai algo minimamente inspirador... para mim... e para vocês, desse lado...
      Se o consigo ou não... já será outra história...
      Obrigada, Questiuncas, pela visita e simpatia.
      Abraço
      Ana

      Eliminar