quinta-feira, junho 30, 2022

Heading to the future...

Fotos de objectos. / Objects in photos.

A escrita... é um veículo de eternidades... que viaja pela nossa finitude.
Hoje, deixo-vos como sugestão musical, um tema que após 4 décadas, mantem admiravelmente, toda a sua frescura, classe, mistério e genialidade.
Aqui fica o link... Duran Duran - The Chauffeur.
Depois de um notável concerto, no Rock in Rio/Lisboa 2022, no passado dia 25 de Junho, ao qual nem o nosso Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, faltou... este é apenas mais um dos grandes temas desta carismática banda dos anos 80, que não constou no alinhamento do concerto... ele mesmo, carregado de novos temas do seu mais recente trabalho "Future Past", que se harmonizaram muitíssimo bem com os temas de cariz mais revivalista... provando que esta banda, continua a estar aí para as curvas... e para percorrer os caminhos da reinvenção e de uma entusiástica continuidade...
Foto de Ana Freire.
"A escrita não é um veículo para se chegar a uma essência. A escrita é a viagem, a descoberta de outras dimensões e de mistérios que estão para além das aparências." (Mia Couto, in "Pensatempos").

"Writing is not a vehicle to reach an essence. Writing is the journey, the discovery of other dimensions and mysteries that are beyond appearances." (Mia Couto, in "Pensatempos").

Writing... is a vehicle of eternities... that travels through our finitude.
Today, I leave you as a musical suggestion, a theme that after 4 decades, admirably maintains all its freshness, class, mystery and genius.
Here it stays the link... Duran Duran - The Chauffeur.
After a remarkable concert, at Rock in Rio/Lisbon 2022, on the 25th of June, which not even our President of the Republic, Marcelo Rebelo de Sousa, missed... this is just one of the great themes of this charismatic band from the 80's, which was not included in the concert's lineup... itself, full with new themes from his latest work "Future Past", which harmonized very well with the themes of a more revivalist nature... proving that this band is still there for the curves... and to go through the paths of reinvention and of an enthusiastic continuity...
Photo by Ana Freire.


segunda-feira, junho 20, 2022

Above all...

Fotos de objectos. / Objectos in photos.

A História do mundo, tal como a história de cada povo, é feita de avanços e recuos...
A grandeza de um povo, não se mede apenas pelas suas conquistas, em épicos cenários de batalha... tantas vezes, pagando... ou fazendo outro povo pagar... um preço demasiado elevado, sob várias formas, para as conseguir manter ou alcançar.
A maior grandeza de um povo, advém da memória de todo o seu percurso, através do avanço que o reconhecimento e correcção de erros cometidos, traz ao presente, e que acima de tudo, projecta e alicerça no futuro, inspirando e fazendo evoluir, o país e o resto do mundo.
Talvez seja por isso, que a palavra... universal... seja de todas as palavras, a que melhor define, o nosso pequeno, mais imenso... Portugal.

E a minha sugestão musical para hoje, aqui fica... homenageando um grande músico e compositor, que partiu recentemente... infelizmente, tendo perdido a sua última batalha no tratamento ao Sars-Cov-2, segundo o que foi veiculado por alguns meios de comunicação.
Fotos de Ana Freire.
"Consiste o progresso no regresso às origens: com a plena memória da viagem." (Prof. Agostinho da Silva, 1906 - 1994).

E por aqui... continuarei, nos tempos mais próximos, publicando em modo pausado... muito pausado! ♥☼♥

"Progress consists in returning to the origins with the full memory of the journey." (George Agostinho Baptista da Silva, 1906 - 1994).

The history of the world, as well as the history of each people, is made up of advances and setbacks...
The greatness of a people is not measured only by its conquests in epic battle scenes... many times, paying... or making another people pay... a price that is too high, in so many ways, to achieve them or keep them.
The greatness of a people is measured by the memory of its entire journey, and by the progress that the recognition and correction of mistakes, brings to the present, and above all, projects and supports into the future, inspiring and improving, the country and the rest of the world.
Perhaps, that's why the word... universal... might be of all the words, the one that best defines, our small but immense country... Portugal.

And my musical suggestion for today, here it stays... honoring a great musician and composer, who died recently... unfortunately, having lost his last battle in the treatment of Sars-Cov-2, according to some media.
Photos by Ana Freire.

And here... I will continue, in the nearest times, posting in paused mode... very paused! ♥☼♥




terça-feira, maio 31, 2022

Home...

Fotos de animais. / Animal photos.

E enquanto nesta tão estranha fase... o mundo, sob várias vertentes, se desarruma... eu vou persistindo em colocar mais alguma ordem, aqui em casa, no meu pequeno universo caseiro.
Afinal, a casa, é o último reduto que garante alguma segurança adicional, e emocional, a quem tem a saúde mais fragilizada... para mais, em tempos de pandemia continuada.
Por tal motivo, continuarei em modo de pausa por mais algum tempo, com as minhas renovações e adaptações... e visitando os vossos espaços, no intervalo dos meus afazeres e prioridades...
Como sempre, aqui fica o link com a minha habitual sugestão musical... Syro e Gisela João - Rio d'Água.
Fotos de Jorge Gonçalves.
"(...) ter um lugar onde você de facto se sente em casa, pode ser tão essencial para uma pessoa quanto a água é para um peixe." (Atul Gawande in "Mortais", numa belíssima partilha da Teca, do blogue... Sedimentos).

"(...) and having a place that genuinely feels like your home can seem as essential to a person as water to a fish." (Atul Gawande in "Being Mortal", in a beautiful sharing from Teca, from the blog... Sedimentos).

And in this strange phase... while the world, in many ways, is so messed up... I persist in putting some more order, here at home, in my little universe.
After all, home is the last stronghold that guarantees some additional and emotional security, to those who have the most fragile health... in times of a continued pandemic.
For this reason, I will continue in pause mode for a while longer, with my renovations and adaptations... and visiting your blogs, between my tasks and priorities...
As always, here it stays the link with my usual musical suggestion... Syro and Gisela João - Rio d'Água.
Photos by Jorge Gonçalves.




segunda-feira, maio 02, 2022

To the last drop...

Fotos de objectos. / Objects in photos.

Fim de tarde, em meados de Primavera... mas já com sabor a princípio de Verão... para se apreciar até à ultima gota, enquanto se pensa na transitoriedade da vida... mais incerta e indefinida, por conta de uma pandemia ainda mal resolvida e de uma guerra aqui pela Europa, bruscamente surgida.

Vou fazer uma pausa, para descansar um pouco, depois de concluir por aqui, as minhas habituais limpezas e reparações primaveris caseiras... aproveitando este tempo, para apresentar aos nossos leitores e habituais comentadores, a nossa nova caixa de comentários, para se irem familiarizando, com muita calma... mas que trocaria de bom grado, pela anterior... já que as novas... são do melhor para desincentivar comentários: são de utilização bem menos intuitiva... e nem apresentam qualquer tradução que facilite o seu uso, para quem tenha nacionalidades diferentes...

Termino, deixando o link, com a minha habitual sugestão musical. Para hoje, aqui fica... Jack Savoretti - Too Much History.
Fotos de Ana Freire.
"Ninguém é grande nem pequeno neste mundo pela vida que leva, pomposa ou obscura. A categoria em que temos de classificar a importância dos homens deduz-se do valor dos actos que eles praticam, das ideias que difundem e dos sentimentos que comunicam aos seus semelhantes." (Ramalho Ortigão, 1836 - 1915; numa belíssima partilha do Francisco Manuel Carrajola Oliveira, do blogue... Andarilhar).

"Nobody is big or small in this world because of the life that each one leads, pompous or obscure. The category in which we have to classify the importance of men is deduced from the value of the acts they practice, the ideas they spread and the feelings they communicate to their fellow men." (Ramalho Ortigão, 1836 - 1915; in a beautiful sharing from Francisco Manuel Carrajola Oliveira, from the blog... Andarilhar).
In a late afternoon, mid-spring... but already with a taste of early Summer... to savor every last drop while one think about the transience of life... more uncertain and indefinite, due to a pandemic still unresolved and a war here in Europe, which suddenly appeared.

I'm going to take a break, to rest a little, after finishing here, my usual homemade spring cleanings and repairs... taking advantage of this time, to present to our readers and usual commentators, our new comment box, for everyone to familiarize themselves, calmly... but that I would gladly exchange for the previous one... since the new ones... are the best to discourage comments: they are much less intuitive to use... and they don't even have any translation that facilitates their use, for those of different nationalities...

And to finish, I leave you the link, with my usual musical suggestion. For today, here it stays... Jack Savoretti - Too Much History.
Photos by Ana Freire.