segunda-feira, março 02, 2015

Life lessons...

Fotos de edifícios e monumentos. / Buildings and monuments in photos.

A humildade, é algo de muito estranho...
No mesmo instante em que pensamos que a temos... será nesse mesmo instante, em que a perdemos...
Foto de Ana Freire... e mais um grande pensamento, em poucas palavras...
"A vida não te diz nada, mostra-te tudo." (RICHARD BACH, in "O Livro do Messias", 2005)
A humildade, é algo de muito estranho... No mesmo instante em que pensamos que a temos... será nesse mesmo instante, em que a perdemos... / Humbleness is something very strange... At the very same moment that we think we have it... it is in that very same moment, in which we lose it...
Lições de vida... / Life lessons...
"Life tells you nothing, it shows you everything." (RICHARD BACH, in "Messiah's Handbook", 2004) 
Humbleness is something very strange...
At the very same moment that we think we have it... it is in that very same moment, in which we lose it...
Photo by Ana Freire... and another great thought, in a nutshell, above...


28 comentários:

  1. Beleza de foto e reflexivo pensamento! beijos, linda semana,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Chica!
      Procuro sempre, de alguma forma, criar uma relação de simbiose, entre a imagem e as palavras... sempre que o tempo, ou a imaginação o permitam...
      Uma excelente semana, para si e todos os seus.
      Grata pela visita...
      Ana

      Eliminar
  2. Uma foto de uma beleza ímpar!Parabéns!

    Imagino as histórias que essa porta e paredes encerram!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Histórias de uma vida... ou de várias vidas...
      E provavelmente, vidas duras e difíceis... como serão as vidas dos pescadores... cheias de marcas da passagem do tempo, das intempéries, e das agruras da vida... é mais uma foto, da Ericeira...
      Beijinhos. Muito obrigada pela visita, e palavras de apreço, Elisa...
      Ana

      Eliminar
  3. E que maravilha ficaria
    polida e enzeitada de tons e colmatada...~_

    Por isso
    Abaixo o tempo
    abaixo as modernices
    até o fado
    a mini saia
    o dental fio
    e as bazófias

    seja de que busílis e religião for...~_*

    Xoxo e feliz noite de aqui dos calhaus avinhatados(- *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu por acaso, achei-a bonita, assim mesmo... mas duvido que volte a ser restaurada...
      Pertence a uma velha casa, de algum pescador já idoso, na Ericeira. Ainda existem muitas assim... deixando de ser habitadas... estas casas bem antigas, vão dando lugar a novas construções... mas ainda vai persistindo, em algumas ruas o alegre convívio, lado a lado, entre habitações bem simples, antigas e tradicionais, com novas habitações, bem mais recentes, e muitas vezes apenas destinadas para o aluguer, a turistas...
      Beijos, João! Ora uns avinhatados... com uns queijitos e umas chouriças aí do sítio... dá cá uns combinados... bem gostosos...
      Noite feliz...
      Ana

      Eliminar
    2. Saiu
      e ai de mim ser assim...

      A foto tem beleza e encanto que só alguns sabem captar...

      Xoxo de aqui dos calhaus
      e quanto aos acepipes
      é na hora, de improvisadas gourmandices..~~_*


      Eliminar
    3. Ora, João!
      E qual o problema em ser assim?... Sem problemas, aqui deste lado...
      Beijos, um pouco apressados... que o tempo tem andado bastante ocupado, por estes dias, e as visitas nos blogues têm-se ressentido um pouco...
      O tempo... esse malvado, que se encolhe mais, do que se estica...
      Ana

      Eliminar
  4. uau... excelente imagem! adoro as cores!
    e também adorei o pensamento...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora que o Questiuncas, apresentou a porta 100... lá me atrevi a apresentar uma portita por aqui, mas não queria andar a fazer-lhe concorrência, sem que ele chegasse à apoteose final...
      O pensamento... calhou a ouvir umas divagações sobre este tema, um dia destes, na radio... e apresentei uma versão compacta das mesmas... à minha maneira...
      Obrigada, Paulo! Abraço
      Ana

      Eliminar
    2. Não é portita nenhuma, é uma excelente porta, com um exclente pensamento.
      Esta é a minha humilde opinião.

      Eliminar
    3. Se o maior especialista em portas, que eu conheço... sem ser a casa de Chaves do Areeiro... o diz... e com uma colecção de imagens impressionante, a demonstrá-lo... Quem sou eu para o contrariar?...
      Muito obrigada, Questiuncas!
      Abraço
      Ana

      Eliminar
  5. Adorei a foto!

    Gostei da citação. O Messias e a Ponte para a Eternidade, ambos do Richard Bach foram dois livros que há uns quase trinta anos li e reli não sei quantas vezes. Hoje se calhar já não me diriam muito. Ainda os tenho ( e outros, do autor ).

    Beijinhos e boa semana, Ana:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tenho uns quantos deste autor... Um... Não há longe nem distância... Biplano... Nada ao acaso... O dom de voar... Ilusões... Uma aventura do espírito... São alguns dos que me lembro assim de repente, que estarão para ali, numa prateleira...
      De vez em quando, gosto de abrir este ultimo livro dele, O livro do Messias, que costumo ter mais à mão... e ver uma frase, ao calhas... aliás, é assim mesmo, ao calhas, que este livro deve ser lido... Acho que o descobri um pouquito mais tarde, para ai há uns 20 anos... há 30 trinta anos atrás, dava-me para ler Eça, Jane Austen, Júlio Verne, Soeiro Pereira Gomes, John Steinbeck, F. Scott Fitzgerald... eu sei lá, uma mixórdia, sem ordem...
      As colecções por autor chegaram um pouquito mais tarde... como foi o caso deste autor...
      Beijinhos, Isabel! Continuação de boa semana.
      Ana

      Eliminar
  6. Por outro lado, também poderíamos dizer:

    A humidade, é algo de muito estranho...
    No mesmo instante em que pensamos que a temos... será nesse mesmo instante, em que a perdemos... basta para isso ligar um desumidificador.
    :-D

    Agora que já fiz a parte aparvalhada do comentário, já posso falar um bocadinho mais sério.

    Estes tons pasteis (é assim que se diz?) desbotados ficaram bem. O efeito da passagem do tempo, onde mostra que a casa já terá muitos anos, deixa-nos a pensar na história e nas vidas que já terão passado por essa porta.
    Melhor que isto, só se a Ana estivesse a sair por essa porta, em fato de banho cor-de-laranja (tipo a série das Marés Vivas), com uma bóia ao ombro, e um apito ao pescoço. Com os seus longos cabelos ao vento, começava a descer as escadas, dando início a mais um dia de trabalho como nadadora-salvadora.

    E assim de repente, já voltei à parte parva do comentário. Começo a achar que tenho algum problema psíquico... Acha que devia procurar ajuda ou será que já não adianta gastar dinheiro em médicos? Se calhar, quanto muito, eu devia procurar a ajuda de um veterinário.
    :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como eu gostava de ver humidade virtual na minha cozinha e marquises... mas não... é bem real... e nem com desumidificador desaparece...
      Não sei que endereço o Remus me mandou ver... terá chegado incompleto... mas calculo que seja a Pamela Anderson, e as suas famosas bóias... Eu não uso bóias... já aprendi a nadar faz tempo... e as praias onde me aventuro, um pouco mais, já têm nadador-salvador... e bem equipado, pelo que me apercebi...
      Cabelo comprido?... Já é um custo dar um jeito no meu cabelo curto, quanto mais comprido...
      Ora, médico ou veterinário?... Não sei, Remus!... Os veterinários, às vezes, usam umas seringas maiores... logo, doses reforçadas... mas não sei se resulta...
      No entanto, se conhecer algum, diga-me qualquer coisa... tenho a impressão que a minha vacina contra a raiva, precisa de um reforço...
      Estava no outro dia a ver televisão, e deu a notícia: é possível que os contribuintes sejam chamados a pagar o Caso Bes... bem... deu-me cá uma raiva!!!...
      Beijos. Obrigada pela visita, simpatia e bom humor de sempre. ;-))
      Ana

      Eliminar
  7. Uma porta digna da minha coleção. Porta e não só, porta, parede, degraus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico vaidosa e satisfeita, que tenha apreciado a minha humilde portazinha, Questiuncas!
      Obrigada pela simpatia, e palavras de apreço.
      Abraço
      Ana

      Eliminar
  8. Belíssima foto! A riqueza do simples, para os olhos - uma porta!
    Palavras significativas, eis que, se temos alguma virtude, não seremos nós a apreciá-la, sob pena de, com isso, comprovarmos sua inexistência. Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marilene, quando leio os seus comentários, só me ocorre uma palavra para as suas magníficas interpretações... Sublimes!!!!
      E está tudo dito! Bom tê-la de volta... e no seu melhor...
      Um beijo grande...
      Ana

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Cris!
      Fico contente, que tenha gostado... mas eu é que estou adorando descobrir o seu blogue... tem lá fotos lindas...
      Beijos
      Ana

      Eliminar
  10. Cette photo eest bien belle.
    Ces couleurs et ces textures vieillies.
    J'aime la ruralité.
    Belle citation aussi !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Merci pour votre paroles très gentil, Isa!
      Je apprécie aussi la ruralité.
      Heureux de vous reverrai ici.
      Bisous
      Ana

      Eliminar
  11. Olá Ana:

    Uma simples porta, é a fronteira das nossas vidas, em múltiplas situações.
    Delimitam o doce do agreste, o bulício do sossego.
    A prisão da liberdade.
    A mentira da verdade.
    Há, e muito importante, que haja sempre uma porta na nossa vida.
    A porta assume a mesma importância, as que se abrem e as que se fecham, tudo depende das circunstâncias.

    JINHOS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não poderia estar mais de acordo, Diogo!
      E se haverá algumas portas, que se vão abrindo ao longo da nossa vida... também haverá uma ou outra, que de vez em quando, terá de ser mesmo fechada, por nós... pelo simples facto, de não levarem a lado nenhum...
      Tal faz parte da vida... e das suas lições... e como o Diogo muito bem diz, tudo depende das circunstâncias...
      Jinhos, e obrigada pela sua visita, e palavras...
      Ana

      Eliminar
  12. Texturas e contrastes. tudo na medida certa. Gosto muito desse tipo de foto.
    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Jéff!
      Também me chamou a atenção essa mistura... de texturas e tonalidades...
      Nem sempre é muito frequente, conseguir uma porta assim, para fotografar...
      Beijos
      Ana

      Eliminar