quinta-feira, maio 14, 2015

Colors of truth...

Fotos de flores. / Flower photos.

Cores feitas de espontaneidade, coragem, e autenticidade...
Assim são as cores, que podemos facilmente, encontrar na Natureza.
Como este mundo, seria tão mais autêntico... se todos ousássemos mostrar as nossas verdadeiras cores... as que trazemos... cá por dentro...

Foto de Ana Freire... e hoje, deixo-vos um lindíssimo vídeo, que descobri recentemente. Espero que gostem dele, tanto quanto eu. Aqui fica o link... True Colors - (Cyndi Lauper) Cover by One Voice Children's Choir.

Cores feitas de espontaneidade, coragem, e autenticidade... São cores assim, que podemos facilmente, encontrar na Natureza. / Colors made of spontaneity, courage, and authenticity... That is the kind of colors, that we can easily find in Nature.
Cores de verdade... / Colors of truth...

Colors made of spontaneity, courage, and authenticity...
That is the kind of colors, that we can easily find in Nature.
Our world would be so much more authentic... if everyone would dare, to show their true colors... the real one's... which we bring inside us...

Photo by Ana Freire... and I leave you today,  a beautiful video, which I recently found out.
I hope you like it, as much as I... True Colors - (Cyndi Lauper) Cover by One Voice Children's Choir. (See the link above, on this post).


48 comentários:

  1. A natureza se mostra como ela é.Muda a cada estação e é autêntica em cada uma delas.

    Se as pessoas assim fossem, não haveriam enganações, aquelas que nos olham com olhinhos de "pingar mel" e depois mostram a que vieram.

    E Pior quando essas tipas assim aparecem dentro de nossas casas ,envolvendo-se com nossos filhos!Haja saco e paciência! E pior ainda, quando interesseiramente "embarrigam"...Haja mais ainda!! bjs, tudo de bom, lindo dia e fiquemos com as cores das naturezas pois há pessoas que nem valem a pena ser mencionadas!

    chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Natureza é sempre igual a ela mesma... as pessoas é que mudam, segundo os seus interesses e conveniências... esquecendo ideais e valores, por vezes... mas ainda assim, gosto de pensar que haverá excepções... e que nem todos, seguem a regra do vale tudo... Pelo menos comigo, essa regra nunca pegou... e quando uma pessoa não me agrada, por qualquer razão, não faço cerimónias em deixá-la falando sozinha, para o resto da vida... independentemente de essa pessoa, até me poder ser útil, ou importante na minha vida...
      Virei costas a pessoas de família, por exemplo, com grande poder económico, e nunca, mas nunca, me arrependi. A minha paz de espírito, não tem preço... para mim o vale tudo, nunca colou... e o que vale... é nada...
      O que interessa, é que temos a Chica de volta à blogosfera, apesar das contrariedades... e a fazer o que mais gosta e aprecia... tudo o mais... mais tarde ou mais cedo, certamente terá solução...
      Beijos, Chica! E vá com calma... tudo se resolverá...
      Ana

      Eliminar
  2. Decidiu despejar todos os pós de maquilhagem que tinha, em cima da pobre planta?
    Achou que a planta precisava de uma maquilhagem, para aparecer nas capas das revistas de jardinagem?
    :-)

    Até tenho medo de perguntar de a folha era mesmo assim. Porque se assim for, é um caso mais "grave" do que aqueles fenómenos do Entroncamento.
    Uma folha muito psicadélica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, Remus!
      Gosto de tintas, mas não tenho paciência, para andar com elas em cima de mim... Na maior parte das vezes, tudo beleza natural... ao estilo... what you get, is what you see...
      Se eu emprestasse a minha maquilhagem à folha... acho que ela não precisaria nem de um batonzinho... nem de um risquinho para os olhos, que é praticamente só o que eu uso.

      Fenómenos do Entrocamento? É o que mais acontece, nesta zona de Loures...
      Aliás, se alguma vez ouvir falar nos fenómenos de Loures... somos nós...

      A folha era mesmo assim... única... num pé de sardinheiras verdejantes, bonitas e viçosas... cheias de florzinhas vermelhas... et voilá... cá está ela.
      A folha estava a secar, talvez por estar parcialmente partida no caule, e talvez ficasse assim, também por acção do excesso de luz e calor... mas não sei! Não garanto, que possa ter sido por essa razão, porque não entendo muito de jardinagem...
      Sei que me chamou a atenção... deitei-lhe a mão... e cá está ela na imagem... com uma muito ligeirinha intensificação nas cores... não nego... mas o mérito é mesmo da folha, em ser assim...
      Bjs, Remus! Grata pela visita e comentário...
      Ana

      Eliminar
  3. O que vai por dentro
    será uma maioria
    de alma negra
    que bem necessita de cor e alegria...~_*

    Texturas bonitas Ana

    Xoxo de aqui dos calhaus
    e um grande e feliz resto de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também desconfio bem que sim...
      Obrigada, João! Trata-se apenas da imagem de uma folha de sardinheira, ou gerânio, como também lhe chamam... e que já estaria a secar...
      Beijos, João! E dado o atraso na resposta... desejos de uma óptima semana!
      Beijos, aqui da Aldeia do Temos Ventania Outra Vez...
      Ana

      Eliminar
  4. Olá Ana,
    as cores são um alimento da vida! Lindo conjunto de cores na tua foto. Quanto
    ao video, gostei imenso, da música e do multicolorido patente.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Rui!
      Eu e o meu fascínio por cores... nada a fazer!
      Algo que sempre se verá por aqui... all the time!
      Bjs
      Ana

      Eliminar
  5. por momentos pensei que era uma pintura! gostei Ana :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Mariana!
      Confesso que acentuei as cores, apenas um nadinha... mas o mérito foi mesmo da folha...
      Beijos
      Ana

      Eliminar
  6. Ora, um raminho de salsa, coentros, hortelã, também, cá tenho, em vaso, por sinal, portanto, a "menina" só tem é de pedir, pke as "vizinhas" servem, especialmente, para isso e não só. Tenho saudades desse tipo de vizinhança, k desde tenra idade, comecei a conhecer e a conviver. Claro k lá havia um atrito, uma zangazinha, de menor importância, um diz k disse, uma cusquice, mas era importante partilhar, mostrar e estar presente nos momentos menos bons.

    Sei que é uma fã do pensamento de Paulo Coelho, pke já mo disse, anteriormente, e até deixou num comentário seu, no meu blogue, uma frase dele, ou pelo menos mto parecida, de k agora, não me lembro.

    Então, a frase k coloquei no meu blogue e da autoria deste pensador é:

    "OS QUE TE ODEIAM SÃO ADMIRADORES SECRETOS, QUE NÃO ENTENDEM, PORQUE TANTOS TE AMAM". Paulo Coelho

    Veja lá, a publicação desta frase não lhe traga "amargos de boca", como pensaram alguns, k me causariam, ao deixarem comentários inóspitos, k, logicamente não publiquei. Eu sou muito doce, e nada a fazer.

    Tenho tido de tudo, no meu blogue, Ana, desde afirmações, tipo: eu sou um pouco tímida, embora goste de ler o k escreve, mas o meu marido/companheiro/namorado, não quer, não gosta k eu a comente, mas no outro dia, fui dar com ele a ver o seu blogue, parecia k o queria "comer". Evidente, k não passo estes comentários, até pke as pessoas me pedem sigilo.

    Há, tb, homens k deixam comentários, DECENTES, mas pedem k não passe, por causa das "respetivas", o k logicamente, cumpro.

    Voltarei para comentar as suas cores, literárias, e não só.

    Até breve, "vizinha" Ana.

    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Céu!
      Grata pelo seu raminho de salsa...
      Como já reparou, gosto imenso de Paulo Coelho... e esta cabecita esquecedora, não tinha registado, a dita frase... Gosto imenso das suas citações, que nos passam verdades do tamanho do mundo...
      Eu tenho um verdadeiro fascínio pelos opostos... tanto por quem escreve de uma forma extensa, densa e apaixonante sobre qualquer assunto, (também tipo, Céu...), e por quem tem um poder de concisão, que consegue resumir o saber de mundo, em meia dúzia de palavras... neste caso concreto... Paulo Coelho.

      Ui!... Na blogosfera encontramos de tudo, mesmo, tal como na vida real...
      Verdadeiros lobos... disfarçados de cordeiros. Cordeirinhos, armados em lobos...
      E quem se assuma, tal como é... sem problemas, complexos, ou tabús... e que de imediato, ganham o meu maior respeito e admiração, pela sua coragem, por tal...

      Mas por aqui, já não me preocupam os "amargos de boca"... e então, desde que ando a fazer terapia, no blogue do Ricardo... ailogicadascoisas.blogspot.pt ... que tenho vindo a melhorar de tais efeitos... Um blogue que aprecio pela espontaneidade total, nua e crua, e irreverência, sem limites, sobre tudo e mais alguma coisa... Tais preocupações... varreram-se-me completamente.
      Aliás, um blogue, que ambas conhecemos...
      E tal como o Ricardo afirma, depois de uma pessoa se habituar a ser ofendida... quando não recebe insultos, até começa a sentir carências...

      Sabe o que lhe digo, Céu? Falem bem... falem mal... mas falem de nós! É sinal que temos importância, e relevância.
      Não podemos agradar a toda agente, e nem Cristo conseguiu tal proeza, tanto é, que o espetaram num cepo, sem grandes contemplações, no seu tempo...

      Beijos, Céu!
      Volte sempre, que queira... pois será sempre bem-vinda, por aqui!
      Ana

      Eliminar
  7. A natureza sempre a surpreender-nos!

    Uma autêntica paleta de cores!

    Os meus sinceros parabéns!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Elisa!
      Realmente, não é nada comum, conseguir reunir numa única folha, tantas cores, tão diferentes... e sem grandes truques fotográficos... que até nem sei fazer...
      Beijinhos
      Ana

      Eliminar
  8. Olá Ana,

    Lindo o vídeo, perfeitamente sintonizado com sua postagem. E a música é das minhas. Gosto demais.
    A foto é plena de luz. Fantástica! Parabéns!
    Concordo com suas palavras. Tudo na natureza é coroado de beleza e espontaneidade. Deveríamos mesmo deixar fluir nossas cores internas, com as quais chegamos neste mundo, mas que muitas vezes insistimos em camuflar.

    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Vera!
      Fico feliz, que tenha feito escolhas, por aqui, que sejam do seu agrado.
      Efectivamente, luz e cor, abundam nas minhas fotos, por aqui, por diversas razões.
      Beijos! Grata pela visita e simpatia...
      Ana

      Eliminar
  9. Gostei muitíssimo da foto, que não parece natural...
    E achei a música (que já conhecia) muito bonita, com esta roupagem diferente.

    Um beijinho, e bom fim-de-semana:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Isabel!
      Confesso que intensifiquei as cores... ainda que muito ligeiramente, porque, de facto, a folha era mesmo assim.
      Fotografei-a, segurando-a, num local bem iluminado, por luz natural... e ficou assim...
      O video... foi uma descoberta recente... e adorei a versão desta música, que também já conhecia.
      Beijinhos! Continuação de boa semana!
      Ana

      Eliminar
  10. A fotografia está lindíssima, parece uma pintura. Às vezes o nosso coração anda com as cores um pouco esbatidas, outras vezes é mesmo a preto e branco e há ainda alturas em que explode nas mais belas e vivas cores. assim somos nós, assim é a vida...Gostei muito desta versão da música que já conhecia.
    Beijinhos Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Rute!
      Efectivamente, às vezes, as cores do coração, mudam conforme as circunstância da vida...
      E tal é absolutamente coerente... mas quando as cores que mostramos, se afastam drasticamente, das cores que carregamos... algo vai mal... cá por dentro, na nossa essência...
      O vídeo... foi uma descoberta recente... que achei que combinaria, com a imagem em questão.
      Beijinhos! Obrigada pela visita e simpatia de sempre, Rute!
      Ana

      Eliminar
  11. A natureza é magnifica, coisa de Deus.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bem verdade, Bell!
      Grata pela sua simpatia e alegria de sempre, com sua visita, por aqui...
      Beijos
      Ana

      Eliminar
  12. A natureza mostra as cores, sem qualquer pudor. Apenas os seres humanos camuflam, por razões distintas, as suas, receando que não agradem. Belíssima e rica foto. Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Completamente de acordo, Marilene!
      Apenas quando a camuflagem esconde uma drástica diferença de tonalidades, entre as cores que mostramos, e as que efectivamente carregamos, cá dentro... aí, é que deverá ser preocupante... sinal que algo, vai mesmo muito mal...
      Beijos. Grata pela visita e simpatia...
      Ana

      Eliminar
  13. Respostas
    1. Thank you so much, Cherry Belle!!!! Welcome!!!
      I´m glad you like our blog. Very soon, I will visit yours!
      All the best!
      Ana

      Eliminar
  14. a foto está muito original, colorida e bela.
    foto espectacular.
    bom final de semana.
    beijo
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Piedade!
      Realmente, não é muito comum, encontrar tantas cores reunidas, numa única folha... lá calhou...
      Beijinhos. Continuação de uma óptima semana.
      Ana

      Eliminar
  15. Era bom, ou melhor, seria excelente, se todos nós mostrássemos as cores k forram a nossa alma, e também aquelas k, por vezes, andam sem "eira nem beira", por lá.
    Há pessoas k mostram, por fora, aos outros, um branco alvo, mas, por dentro, estão escurecidas. É preciso preparação para esta atitude e postura, k mto louvo, acredite, Ana!

    É evidente k, tb, aconselho as pessoas a terem desabafos, mostrar o seu interior, mesmo que parcialmente, com outras, que merecem a sua confiança. Quem ouve, e tem formação cívica, não condena, embora possa fazer o seu juízo de valor, pke não há ninguém k fique sem opinião, perante um desabafo ou o relato de uma história de vida.

    A autenticidade é o cimo da pirâmide do comportamento humano, e aí só alguns chegam, mas como, agora, não temos "faraós", e nem vivemos no Antigo Egito, não sei, tenho dúvidas se se praticará, mostrará, razoavelmente, esta COR.

    Evidente k, tb, eu estou "metida ao barulho", pke, algumas vezes, tento colocar outros tons ou pincelar a "tela", de cores quentes e mto apelativas.

    A fotografia, parece-me uma flor cheia, cheiinha de cor. Esta é autêntica, sim senhor. Parabéns para o talento e jeito.

    Excelente fim de semana, sem vento.

    Beijos, com apreço e consideração.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Céu!
      Então não seria tão bom, se todos mostrássemos as cores que forram a nossa alma?...
      Acabava-se com a falsidade, e a hipocrisia no mundo, na hora...
      Bem... talvez o mundo se tornasse um lugar menos agradável à vista... mas valeria, pela honestidade e sinceridade adicional, que dele se poderia retirar...
      Enfim... cá vamos andando, com as nossas cores mais ou menos à vista... fazendo o possível, para que não destoem muito, as que carregamos, das que mostramos, efectivamente...

      Esta folha tão colorida... acho que foi mesmo um acaso... realmente, não é muito comum, encontrar folhas assim, em plantas deste género... mas veio-me parar à mão... e não quis perder a oportunidade, de a registar... por acaso, também tinha a máquina fotográfica por perto... e lá calhou...

      Muito obrigada, Céu! Pela visita, simpatia e assiduidade de sempre, por aqui...
      Beijos
      Ana

      Eliminar
  16. Gostei muito da escolha do video ,Ana um coro de crianças sempre me faz recordar meus tempos de menina_já cantava no coral da igreja com roupinha de anjo e tudo ... hehehehe
    e as cores estão como gosto, intensas _ criando um impacto em quem distraidamente faz que não vê.
    Talvez minha fase seja de alguma palidez e sua foto me estimula a florescer num galinho multicolorido como sua foto.
    grande abraço e que o fim de semana seja bonito e feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Lis!
      Fico feliz, que o vídeo tenha sido do seu agrado. Também só o encontrei há pouquíssimo tempo, e por mero acaso...
      Andava procurando, por esta mesma música, na versão original... mas vi esta versão, e não resisti...
      Com que então, a Lis já foi uma anjinha, e ainda não tinha contado para a gente...
      Esta folha, foi mesmo um achado, com tanta cor... raramente encontro uma assim, neste género de plantas... gerânios, ou sardinheiras, como por cá, também vulgarmente chamamos.

      Todos nós, temos as nossas fases mais pálidas, Lis!... E temos todo o direito a elas... enquanto ganhamos forças, para ganhar cor, com mais garra ainda, um pouquinho mais à frente...
      Um grande beijo, te desejando a maior força para ultrapassar essa fase mais tristonha, que logo, logo, vai passar com toda a certeza...
      Continuação de uma boa semana, dentro do possível, por aí,Lis! Tudo de bom!
      Ana

      Eliminar
  17. Ana que lindo post, e foto!
    Amiga desculpa a ausência pois me encontro um pouco adoentada, nada que uns dias de descanso não amenizaram!...
    Você é uma pessoa linda e muito carinhosa, a qual para mim é uma alegria quando me visitas!
    Saibas que cá do outro lado do mar moras em meu coração ♥

    Beijos e beijos

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Lilly!
      Não se preocupe com sua ausência por aqui. Apenas desejo que já se encontre totalmente restabelecida.
      Também quero que saiba, que me tem conquistado, ainda neste pouquíssimo tempo em que nos conhecemos, com a sua simpatia, carinho e atenção, que por aqui, sempre nos dispensa de uma forma incansável!
      Grata por isso... e desejando-lhe um excelente final de semana, Lilly!
      Beijos ♥
      Tudo de bom!
      Ana

      Eliminar
  18. cá está um splash de cor! a planta dessa folha deve sofrer de todas as doenças conhecidas!!!! excelente!
    a minha verdadeira cor por dentro é azul e branco (e as riscas) :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Paulo!
      Confesso que dei uma ligeirinha ajuda, no splash de cor... mas o mérito foi mesmo da folha, em conseguir reunir tantas cores diferentes, e ser tão diferente das outras... tão comuns e banais... coisas que eu adoro descobrir... e de certa forma inspirar-me e fazer igual... gosto de reunir muitas cores à minha volta... bem diferentes, também por aqui... na forma de pessoas, que gosto de reunir por aqui...
      A folha, não me parece que estivesse doente... mas antes, a morrer mesmo... pois estava parcialmente partida no caule, quando a encontrei.
      Tal como no Outono, aparentemente, na Natureza, até quando estão a morrer, as plantas tentam sempre mostrar as suas cores mais bonitas, até ao fim, quando não nas suas flores...nas suas folhas...
      Bem diferentes de muitas pessoas, que fazem questão de mostrar as suas piores cores, ao longo da vida... por opção... principalmente sob a forma de acções...
      A minha cor por dentro... basta que eu saiba qual é, e consiga conviver com isso... os outros podem ver-me da cor que bem entenderem, e desejarem.
      Abraço
      Ana

      Eliminar
  19. Agora não sei se o mais bonito é o contraste das cores ou a sua reflexão muito pertinente.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Cadinho!
      Agora até eu fiquei meio balançada, com a amabilidade das suas palavras...
      Abraço!
      Ana

      Eliminar
  20. Fiquei encantada e deliciada com os tons! Linda essa imagem!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Teresa!
      Grata pela sua presença e simpatia, por aqui!
      Beijos
      Ana

      Eliminar
  21. Bom dia, Quando o dia começa triste, sem cor, devemos ter uma caixa de lápis de cores guardada, para colorir o que nos vai fazer bem.
    A foto é de enorme beleza e sensibilidade revelada pela belas cores, admiro a sua magia fotográfica.
    Feliz domingo colorido,
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, AG!
      Realmente, às vezes, somos nós que temos que procurar colorir os nossos dias mais cinzentos.
      A foto... bem... descobrir uma folha assim tão multicolorida, foi mesmo obra do acaso... num dia, em que também calhou ter a máquina fotográfica por perto... a iluminação natural, também ajudou a favorecer, mais um pouco...
      Bom fim de semana, AG! Grata pela simpatia, visita e amabilidade...
      Ana

      Eliminar
  22. Uma imagem digna de um catálogo Outono/Inverno da United Colors of Benetton
    Boa foto
    Abraço
    DL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, DL!
      Realmente, a imagem de marca deles, também é apostar em cores bem florescentes e fortes...
      Quem sabe um dia, não é mesmo?... Não custa sonhar... pelo menos ainda não paga imposto...
      Abraço! Grata pela visita e palavras de apreço!
      Ana

      Eliminar
  23. Lindíssima voz que essa doce menina tem,adorei a musica!! Tambem gostei imenso da tua fotografia,eu sou uma verdadeira apaixonada por flores!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Melguinha!...
      Ontem não tive tempo... mas será mesmo hoje, que irei eu melgar desse lado...
      Realmente flores e mar... são sempre temas recorrentes, aqui no blogue...
      Um beijo grande! Grata pela tua visita e simpatia...
      Ana

      Eliminar