quarta-feira, fevereiro 13, 2013

Yin e Yang / Yin and Yang

Pinturas abstratas. / Abstract paintings.

Esta pintura foi baseada nos conceitos Yin e Yang, os quais são oriundos da filosofia tradicional chinesa.
Quis representar tal conceito, através de uma forma diferente, e estilizada, para que se enquadrasse num cenário de decoração moderno, quando ofereci esta pintura aos meus amigos, Ana e Ivan.
 
Representei este conceito na minha pintura de uma forma diferente. / I represented this concept in a different way, on my painting.
Yin e Yang / Yin and Yang
 
O Yin e Yang, são dois conceitos que derivam do Taoísmo.
O Taoísmo é uma ciência milenar oriental, que procura harmonizar a nossa vida, com todas as forças existentes em tudo o que nos rodeia.

 
Assim, o Yin e Yang, representam duas forças antagónicas, e contudo, complementares, que geram tudo o que existe à nossa volta, mas que simultâneamente, são geradas por qualquer manifestação da nossa parte, no universo que nos rodeia.

 
Confuso?
Vou tentar explicar melhor...
 
 
Na perspectiva do Taoísmo, toda a realidade de que nós nos apercebemos, à nossa volta, está em constante mudança.
O universo está em constante transformação, e nós, por fazermos parte do universo, somos confrontados com essas mudanças, a vários níveis, mas às quais temos de nos adaptar.
Contudo, as nossas próprias acções, também podem contribuir para mudar o universo à nossa volta...

Está em nós, sermos o resultado dessa constante mudança, e, ao mesmo tempo, sermos o agente modificador, através das nossas acções, do universo que nos rodeia.

O Yin, é um princípio feminino.
É o símbolo da escuridão, da noite, do frio, da terra...
Está associado à tranquilidade, à passividade, à intuição e à complexidade na tomada de decisões.

O Yang, é um princípio masculino.
É o símbolo da luz, do dia, do calor, do céu...
Está associado ao movimento, à transformação através da acção, à racionalidade e clareza na tomada de decisões.

O nosso corpo, a nossa mente, a natureza, o universo...
Tudo funciona como resultado destas duas forças opostas, mas que se completam...

Por exemplo, para cada ideia, acção ou pensamento, existe uma outra ideia, acção ou pensamento, completamente opostos, mas do qual dependem, para que possam existir, e ser validados, através da sua escolha.

Tais princípios, apesar de opostos, complementam-se, mas sem qualquer juízo de valor.
Tudo aquilo que é visto e apercebido por nós, pode ser visto e apercebido, pelo seu lado oposto, através de um outro ponto de vista...

O que é belo para nós, pode ser feio para outros...
O que nos parece ser uma boa ideia, talvez não o seja, de todo, no entendimento de outra pessoa...

Quem está certo?
Quem está errado?
O que é o certo?
O que é errado?

É difícil dizer.
Porque tudo está em constante transformação e mudança, no universo, não existe um estado puro das coisas que nos rodeiam.
Nada está absolutamente certo, nem absolutamente errado.
Nem tudo é completamente bom, nem totalmente mau...

No entanto, quando uma dessas duas forças é levada ao limite, já contem, dentro de si, a semente que a transformará na sua força oposta.

Assim, temos que saber viver, procurando o equilíbrio, nestas duas forças que regem a natureza, o nosso corpo, a nossa mente, e todo o universo...

Na minha pintura, dentro da gama de cores que escolhi para o efeito, optei pela cor vermelha, como símbolo do equilíbrio, da vida, da paixão, do entusiasmo, do encontro entre pessoas e ideias...
Espero ter conseguido transmitir o meu ponto de vista e representado, de uma forma diferente, o tão conhecido símbolo do Yin e Yang...

Original pintado por Ana Freire.
 
Pintura abstracta em óleo e acrílico, em tela.
Efeitos de luz, devido à utilização de tintas acrílicas, nas cores, ouro e cobre.
Acabamento com uma leve camada de verniz brilhante, transparente.
Dimensão: 50x40 cm.
 
 
Abstract oil and acrylic painting, on canvas.
Light effects, due to the use of acrylic paints, in colors gold and copper.
Finishing with a light coat of transparent glossy varnish.
Size: 19,7x15,7 inches.
 
This painting was based on the concept of yin and yang, coming from the traditional chinese philosophy.
I wanted to represent such a concept through a different and stylized way, so that my painting could fit in a modern décor, when I offered it, to my good friends, Ana and Ivan.
 
The Yin and the Yang, are two concepts which derive from Taoism, an ancient oriental science.
 
Represent two opposing forces, and yet, which complement each other, that generate everything that exists, but that simultaneously, are generated by our own action on the world around us.
 
Confused?
So do I, sometimes... with myself.
But I'll try to explain it better.
 
From the perspective of Taoism, we are confronted with a changing universe, at different levels, however, our own actions, can contribute to change the world around us.
 
The Yin is a female principle.
It is the symbol of the darkness, of night, of cold, of the earth...
It is associated with tranquility, passivity, intuition and complexity in the decision making.
 
The Yang is a masculine principle.
It is the symbol of light, of the day, of heat, of the sky...
It is associated with movement, with transformation through action, with rationality and certainty in the decision making.
 
Our body, our mind, the nature, the universe...
Everything works as a result of these two opposing forces, that complete each other, without any worth judgment.
 
For instance, for every idea, thought or action, there is another idea, thought or action, completely opposed, but upon which they depend, so that they can exist, and be validated, by its choice.
 
Everything that is seen and realized by us, can be seen and realized, by its opposite side, by another point of view...
 
What is beautiful to us, can be ugly to others...
What seems to be a good idea, perhaps, it isn't, at all, on the understanding of someone else...
 
Who is right?
Who is wrong?
What is right?
What is wrong?
 
It's hard to say.
Because everything is always changing, there is not a pure state of things around us.
Nothing is absolutely right or absolutely wrong.
Not everything is completely good or totally bad...
 
However, when one of these two forces is pushed to the limit, it contains, within itself, the seed that will turn on its opposite force.
 
So, we have to know how to live, looking for balance, on these two strengths which rule the forces of nature, our body, our mind, and the whole universe...
 

On my painting, within the range of colors, that I chose for this purpose, I opted for red color, as a symbol of balance,  of life, passion, enthusiasm, of the meeting between people and ideas...
I hope to have been able to show you my point of view, and represented in a very different form, the well-known symbol of balance, Yin and Yang.

Original painted by Ana Freire.










Sem comentários:

Publicar um comentário