domingo, junho 18, 2017

Longing...

Fotos de flores. / Flower photos.

Hoje deixo-vos, apenas uma imagem para assinalar, a nossa solidariedade, para com todos os sobreviventes, do grande incêndio, que deflagrou ontem em Pedrógão Grande, que ainda não se encontra extinto até ao momento, e cujo balanço mais actualizado... já vai em 64 vidas que se perderam...

Aqui fica a minha sugestão musical de hoje... Diogo Piçarra - Volta.
Foto de Jorge Gonçalves.
"Saudade é quando o momento tenta fugir da lembrança para acontecer de novo e não consegue." (ADRIANA FALCÃO).
Hoje deixo-vos, apenas uma imagem para assinalar, a nossa solidariedade, para com todos os sobreviventes, do grande incêndio, que deflagrou ontem em Pedrogão Grande. / oday I leave over here, just an image to point out, our solidarity, with all the survivors, from the great fire, which broke out yesterday in Pedrogão Grande.
Saudade... / Longing...

"Longing is when the moment tries to escape from the memory to happen again and it can not." (ADRIANA FALCÃO).
Today I leave over here, just an image to point out, our solidarity, with all the survivors, from the great fire, which broke out yesterday in Pedrógão Grande, which is not yet extinct so far, and whose most recent balance, has counted 64 lives that have been lost...

Here it is my musical suggestion for today... Diogo Piçarra - Volta. (See the link above, on this post).
Photo by Jorge Gonçalves.


88 comentários:

  1. Solidariedade justificada.Triste tragédia por lá! bjs, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um acontecimento inimaginável... e um verdadeiro cenário de horror, como nos têm mostrado os noticiários!
      Muito obrigada, Chica! Beijinhos! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Muito obrigada, Graça!
      Impossível ficar-se indiferente, perante tamanha tragédia!
      Beijinho! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  3. Estamos juntos nesta dor :'(

    Bom Domingo
    beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isto, apenas nos vem mostrar a preciosidade, e a fragilidade das nossas vidas... hoje estamos bem... amanhã... quem sabe?...
      Muito obrigada, Cidália! Beijinhos! Bom domingo!
      Ana

      Eliminar
  4. Estou chocada e triste. Junto a minha solidariedade à tua, Ana.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um cenário de verdadeiro horror, Graça!
      Tudo se conjugou... para não dar a mínima hipótese, a muitos que decidiram fugir pela estrada... e acabaram por ficar encurralados...
      Grata pela gentileza de sempre, Graça!
      Beijinho! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  5. Longe da vista, longe do coração. .. Não é sempre assim. Sinto um grande pezar e pergunto se medidas preventivas foram tomadas, uma vez que todos os anos há incêndios, fogo posto ou não. Limpeza... Outras atividades relacionadas com estas tragédias. A natureza surpreende é muito dificilmente se pode evitar, mas talvez minimizar. Que tristeza, Santo Deus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desta vez, o fogo não teve origem criminosa, Catarina!...
      E uma série de factores atmosféricos, conjugaram-se de forma aterradora, para encurralar tanta gente na estrada, dentro dos seus carros... uns talvez movidos pela curiosidade de assistir ao incêndio de mais de perto... outros porque vinham a fugir das suas casas, que já estavam rodeadas por chamas...
      Ventos em todas as direcções, e 0% de humidade no ar... propagaram o incêndio em várias frentes!
      Tudo teve origem numa trovoada seca, que atingiu uma árvore... a partir daí... foi um autêntico inferno, naquela região e seus arredores...
      Beijinho! Grata pela sua gentil presença e palavras!
      Bom resto de domingo!
      Ana

      Eliminar
    2. Muitas horas mais tarde, sinto que cometi um erro ortográfico. Vim confirmar! “pesar” com s!!

      Eliminar
    3. Acontece, Catarina!... Não tem importância...
      E depois com o actual Acordo Ortográfico, que por cá vigora... garanto-lhe que já ninguém nota...
      Por exemplo, facto... passou para fato... de vestir, certamente...
      Acta... passou a ata... de atar com um nó ou laço...
      Espectadores... passaram a espetadores... espetando, nem imagino o quê... :-D
      Egipto... virou Egito... mas lá... ainda vivem os egípcios... que ainda vão carregando a letra P...
      Mais letra, menos letra... e garanto-lhe que por esta altura, muito portugueses... já nem sabem direito, como se escrevem certas palavras...
      Um beijinho grande! E grata pela atenção!...
      Ana

      Eliminar
  6. Olá, acontecimento que me deixam com enorme tristeza, mais um incêndio demorado a ser controlado, sermos solidários no apoio necessário às vitimas, é a nossa obrigação. Parabens pelo aniversario, atrasados mas sinceros. AG.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um verdadeiro cenário de horror, António!
      Quem diria, que tanta gente acabaria encurralada, dentro dos seus carros? Famílias inteiras!...
      Muito obrigada, António! E eu renovo igualmente também os meus votos de muitos parabéns, pelo seu aniversário!
      Um grande abraço! Bom domingo!
      Ana

      Eliminar
  7. Eu acabei de assistir a notícia sobre essa triste tragédia. É legítima toda a solidariedade.

    Passando para agradecer o seu comentário carinho sobre mim no blog "Existe sempre um lugar".

    Beijinhos estalados...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um acontecimento bem triste, Aline! Que vitimou tanta gente... de uma forma brutal!... Famílias inteiras encurraladas dentro dos seus carros...
      Nada a agradecer, Aline!... É um verdadeiro prazer apreciar e visitar o seu espaço... onde o talento e a sensibilidade, são uma constante!
      Um beijinho grande! Feliz semana!
      Ana

      Eliminar
  8. Foi realmente uma tragédia, Deus ajude quem precisa, bjs e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um acontecimento impensável, Zulmira... como uma estrada, em vez de se revelar como um meio de fuga... se revelou antes, como uma autêntica ratoeira... devido a uma conjunção de condições atmosféricas...
      Grata pela amável visita e palavras!
      Beijinhos! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  9. O meu abraço neste momento de triste fato! Ah!! Que Deus conforte e console todos os envolvidos na brutal saudade...
    Beijos e carinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma verdadeira tragédia, Anete!... O facto de tanta gente ter ficado encurralada nos automóveis...
      Grata pela gentil visita! Beijinhos! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  10. Mais um incêndio destruidor para desvastar Portugal e desta vez matou tanta gente. Uma verdadeira tragédia!

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Miguel!
      E desta vez, não havendo origem criminosa, no incêndio... no entanto, este veio a mostrar-se ainda mais implacável... levando tantas vidas...
      De facto, uma verdadeira tragédia! Lamentando também a que houve por aí, em Londres, com o incêndio naquela torre de habitações...
      Espreitei hoje imagens, no Daily Mail... e... nem há palavras... para o que se vê, no interior da mesma...
      Beijinho! Grata pela tua amável visita!
      Ana

      Eliminar
  11. Terrível, Ana, estamos solidários com os irmãos portugueses, tristes com essa tragédia que vitimou tanta gente. Meu abraço, meu carinho aos portugueses! As televisões estão mostrando a todo o momento. Estamos acompanhando, mas tristes.
    Beijo, querida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um acontecimento que colheu o nosso país de surpresa... e de pesar... pois não há memória de um balanço tão trágico... mesmo com tantos incêndios, que todos os anos, por cá acontecem... sendo a maior parte de origem criminosa... nunca nenhum fez um tal número de vitimas...
      Grata pela amável visita, Tais!
      Um beijinho grande! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  12. Sentimiento que comparto.

    Siento el estado de dolor en que se encuentra esta nación hermana.

    Besos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um acontecimento, que nos deixou incrédulos e chocados... perante um tão grande número de vitimas...
      Muito obrigada, Ventana, pela sua gentil visita e palavras!
      Beijinho! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  13. Muito triste essa tragédia Ana!
    Aqui no Brasil houve um incêndio de grandes proporções em um Edifício com mais de 100 mortos e infelizmente perdi uma grande amiga.(Já alguns anos).
    Que Deus dê o conforto a todos os familiares.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nossa, Carmen!...
      Não sabia!... Que forma tão trágica de se perder uma grande amiga... lamento!...
      Aqui, tal acontecimento deixou todo o mundo incrédulo... e chocado... todos os anos, por cá, existe um grande número de incêndios... e muitos, até terão origem criminosa... mas nunca nenhum, nem de perto nem de longe, fez tantas vitimas assim... pessoas encurraladas, nos seus carros... enquanto procuravam fugir... nem dá para interiorizar ainda...
      Muito obrigada, Carmen, pela sua gentil presença e palavras!
      Beijinhos! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  14. Tristeza
    esta nossa alegria de cada dia... Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um acontecimento devastador... e inacreditável... pelo número de vitimas que deixou...
      Beijinhos, João!
      Grata pela atenção de sempre... Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  15. Respostas
    1. Ainda me custa a acreditar!...
      E as imagens dos incêndios?... Um cenário de verdadeiro horror!
      Beijinhos! Grata pela tua simpática presença, HD!
      Ana

      Eliminar
  16. Um triste acontecimento Ana espero que já tenhas superado um pouco. Um anoitecer de muita paz e um despertar abençoado para um início de semana de muita saúde e felicidade. Abraçoss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma verdadeira tragédia, Lourdes! Não há memória, no nosso país de um incêndio ter causado um número tão elevado de mortes... e ainda não se apurou o seu número final... pois ainda há imensos desaparecidos, em algumas aldeias, que o fogo galgou...
      Grata pela sua atenciosa e carinhosa presença, e palavras!
      Beijinho! Feliz semana!
      Ana

      Eliminar
  17. Es un mal momento de fuegos trágicos, de experiencias aterradoras, aunque sea por causas bien diferentes, han coincidido en el tiempo.
    Acompaño a los portugueses en estas horas trágicas con mi corazón también en llamas ante el dolor por el que están pasando. Un abrazo fraterno.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E este incêndio, ao contrário de muitos outros, que têm ocorrido em outros anos, até nem teve origem criminosa... mas as condições atmosféricas, de altas temperaturas, acima da média para a época, e a pouca ou quase nula humidade relativa do ar... criaram as condições perfeitas... para que uma tragédia, sem igual acontecesse...
      Ventos em todas as direcções... propagaram o incêndio, por vários concelhos... e hoje... não se conseguiu ainda extinguir...
      Em Espanha, tenho ideia de no Verão passado, também ter havido um ou dois incêndios bem dramáticos... creio não estar a fazer confusão...
      Grata pela amabilidade de sempre, Franziska!
      Um beijinho! Desejando-lhe uma óptima semana...
      Ana

      Eliminar
  18. Bela solidariedade Ana, acontecimentos trágicos todos os dias, existe uma displicência com relação as vidas humanas que chega a ser revoltante. Sinto muito por tudo e por todas as vitimas e familiares.
    Todo o meu carinho, Léah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Léah!... Têm-se vivido situações bem dramáticas, por estes dias, um pouco por todo o lado... que têm ceifado tantas vidas... aquela torre de habitação em Londres... este incêndio cá... atentados aqui e além na Europa...
      Este mundo... não se tem apresentado, como um lugar muito seguro... para se permanecer com muita saúde, por muito tempo...
      Vivemos tempos estranhos... e muito improváveis...
      E no que toca ao nosso trágico balanço, por cá... este ainda não se encontra concluído... ainda há um número considerável de desaparecidos, em várias aldeias, pelas quais o fogo passou...
      Grata pela sua carinhosa presença, Léah!
      Beijinho! Desejando-lhe uma excelente e inspirada semana...
      Ana

      Eliminar
  19. Muito triste esse acontecimento desastroso Ana
    E nem quero imaginar o sofrimento dos familiares que conseguiram se livrar do fogo.
    E fazemos a reflexão que somos 'um nada' diante de tragédias desse tipo.
    Desejando que Portugal se recupere do caos que tomou conta de todos deixo meu abraço solidário
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um acontecimento verdadeiramente pavoroso, Lis!
      Famílias inteiras, que se ficaram, encurraladas na estrada, tentando fugir... aldeias, que chegaram a perder um terço dos seus habitantes... gente desesperada, procurando familiares, vizinhos e amigos que estão desaparecidos... nem há palavras...
      Que esta tragédia, sirva para prevenir outras no futuro... é agora o que resta analisar a apurar... e no entretanto... o incêndio ainda continua lavrando em várias frentes... pois ainda não o conseguiram conter...
      Muito obrigada, Lis, pela gentileza e carinho de sempre...
      Beijinhos! Boa semana, para você!
      Ana

      Eliminar
  20. Olá, querida Ana Freire!
    Vi no jornal onde estava passeando e ficamos consternados todos do grupo...
    Deus console todos familiares...
    Seja abençoada!
    Bjm de paz e bem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma verdadeira tragédia... como não há memória no nosso país...
      Grata pela amável visita e palavras, Roselia!
      Beijinho! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  21. Olá mAna. Desculpe o atraso para dar os parabéns pelo seu aniversário. As coisas por aqui andam bem corridas. Espero que esteja tudo bem com vocês e que esse incêndio não traga mais vítimas por aí.
    Muita saúde, amor , sucesso , felicidades e muitos anos de vida.
    Um grande beijo no mano aqui.
    Agora uso muito mais o Instagram. Caso você tenha, me adicione lá. @jecezimbra 😉

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, maninho!
      Saudades de você para caramba!... Grata pela tua simpática visita, Jéff, lembrando o meu aniversário!...
      Não esqueci o seu... mas nunca mais te vi no teu blogue... e fui deixando o tempo passar... esperando que você postasse algo... ou dissesse algo... já vi que você se mudou definitivamente para o Instagram... e está gostando de lá... talvez um dia, considere fazer o mesmo... por enquanto ainda não estou usando... mas se, e quando o fizer... vai ter de me aturar por lá, sim!... :-D Sem sombra de dúvida!
      Espero que tu esteja bem com você... e seu joelho, tenha ficado a 100% sem sequelas de maior... e já agora aproveitando a oportunidade, para lhe desejar o mesmo, maninho!... Muita saúde, amor, um montão de projectos repletos de sucesso, e muita felicidade, para você e todos os seus!...
      E se puder... de quando em vez... vá dando notícias!...
      Embora não tenha Instagram... vou entretanto, espreitando as tuas formidáveis fotos por lá!... E estão um show, por aquilo que tenho visto!...
      Beijão! Grata pela tua atenção e simpatia de sempre! Tudo de bom, para você!...
      Ana

      Eliminar
    2. Sei q tô sendo um mano ausente,mas sempre lembro dos amigos blogueiros. Quero ver se tomo jeito é dou uma atualizada no blog , mas confesso que o Instagram é uma ferramenta viciante e muito prática pra quem gosta de fotografia.
      Espero ver a mAninha por lá logo.
      Um grande beijo e tô planejando uma viagem ao velho mundo no ano que vem. Com certeza Portugal fará parte do meu destino. Aviso antes e quero tomar um café com o casal.

      Eliminar
  22. Boa e feliz Semana
    que parece tudo ter mudado


    Beijinhos de aqui da Serra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, João!
      Uma semana... que mudou a vida de muita gente, sem dúvida, perante um acontecimento desta natureza...
      Beijinhos, daqui da Aldeia Anoitecida! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  23. Hi Ana

    Beautiful picture of this flower

    Groettie from Patricia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Thank you so much, Pat, for your kind words and visit!
      A big kiss! Have a great weekend!
      Ana

      Eliminar
  24. Respostas
    1. Um acontecimento sem precedentes... que ainda custa a crer, que tivesse custado tantas vidas...
      Grata pela amável visita, Francisco!
      Um grande abraço! Desejando-lhe um óptimo fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  25. Depois de alguns dias de ausência, não posso retomar as atividades no blogue sem que exprimo o meu profundo pesar ao povo português pela calamidade dos incêndios que têm feito chorar o mundo e em particular Portugal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi uma tragédia como não há memória, Alfacinha!
      Perderam-se demasiadas vidas... algo falhou... possivelmente também em termos de comunicações... que as autoridades, não se aperceberam que aquela estrada, foi uma autêntica sentença de morte, para tanta gente, que fugia do fogo...
      Imensamente grata pela amável visita, e esperando que as suas férias, tenham sido excelentes!
      Um grande abraço! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  26. Respostas
    1. Ainda custa a crer!...
      Grata pela amável visita e comentário, Francisco!
      Um grande abraço! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  27. Que Tragédia fico sem palavra, obrigado pela visita.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um acontecimento, como não há memória, no nosso país, de custar tantas vidas!... Para mais da forma que foi...
      Grata eu, pela tua presença e simpatia, Nequéren!
      Beijinhos! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  28. Respostas
    1. E para mais... da forma que foi... tanta gente encurralada, numa estrada...
      Muito obrigada, Elisabete, pela sua amável presença!
      Beijinho! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  29. Triste tragédia...Ontem quando voltamos da montanha acendi a TV e vi em todos os canais imagens dessa natureza em fogo...Beijinhos e espero que está bem?! :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi de facto, um acontecimento, como não há memória no nosso país...
      E perante um número tão elevado de vidas, que se perderam... muita coisa precisa mudar... pois muita coisa em simultâneo, terá contribuído para tal... limpezas de matas que não foram feitas... comunicações que falharam... apurar sobre a disponibilidade de meios de combate a incêndios... já que tivemos que ir pedir aviões a Marrocos e à França... porque os de cá... ou estavam em manutenção... ou inoperacionais de todo... enfim... uma série de situações... que levaram a esta situação impensável... conjugadas com um dia em que as condições atmosféricas foram ideais para a proliferação do fogo, em várias frentes...
      Felizmente por estes lados, por esses dias, tudo esteve bem... apenas o ar saturado de muito calor (também anormal para a época) e fumo... que também se notou um pouco por estes lados...
      Muito obrigada, Rt, pela atenção e simpatia!
      Beijinhos! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
    2. Bom dia Ana. Muito obrigada pela sua resposta aprofundida. Tenha um belo dia. Beijinhos :)

      Eliminar
  30. Bom dia Ana, que triste acontecimento, uma tragédia que dizimou tantas vidas... A vida é mesmo efêmera, num repente se vai.

    Deixo meu abraço solidário.

    ResponderEliminar
  31. Uma tristeza o que se passou este fim de semana =(
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  32. Uma linda semana pra você!!

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  33. Olá, Ana
    Estou contigo e com todas as famílias enlutadas.
    A grande tragédia que se abateu sobre o nosso país desperta em todos um profundo sentimento de solidariedade.

    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderEliminar
  34. Bela e delicada homenagem!
    O fundo musical está em total sintonia com o momento de dor que atravessamos.

    beijinhos.

    ResponderEliminar
  35. É muita tristeza! A oração irá fortalecer os que perderam seus entes queridos. Abraços!

    ResponderEliminar
  36. Uma tragédia que ainda não deu tréguas e levará muito tempo a cicatrizar.
    Saudade e revolta permanecerá por muito tempo no coração de quem por dentro a viveu.
    Sejamos solidários cada um à sua maneira.
    Bom resto de dia.

    ResponderEliminar
  37. obrigada pelos comentários <3
    essa citação é linda, adoro :)

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  38. Uma tragédia...são imagens de terror que temos visto...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  39. Uma dor que "arde" sem de ver, apenas se sente...
    Lamentável.
    Uma bonita homenagem Ana!
    Junto-me a ela, deixando um abraço que pouco ou nada significa para reconfortar a dor de quem fica, a dor de quem foi e passou momentos até tudo terminar de uma forma cruel...
    tem de haver responsabilidades seja na falta de autoridades a orientar as pessoas seja no não cumprimento de haver arvoredo numa área de 10 metros na lateral de uma via.
    Somos um país muito do deixa andar e depois acontecem estas tragédias. Uma grande parte vive à custa dos rendimentos minimos, subsidios para isto e aquilo, desempregados que não querem trabalho, apenas receber, presos que nada lhes falta lá dentro.... Seria hora de colocar estas gentes a limpar florestas, criar corta fogos como a Espanha tem, aqui é tudo ao monte e fé em Deus.
    Ainda no domingo fui a Santarém e passamos por locais em que está tudo a monte, matas por limpar, falta de organização em tudo.
    Depois de ter vivido escassos 9 meses na Suiça, lamento dizer, mas somos um país desorganizado e burocrático sem fim... E no fundo tudo tinhamos para ser a outra Suiça da Europa... mas não temos governo faz muitos anos se é que alguma vez o tivemos...

    Tenho dito! Sendo que muito fica por dizer... a começar por ter morrido gente inocente, ao menos que tivessem sido os corruptos e ladrões despe país, banqueiros, aldrabões, vigaristas, etc... Mas nem nisso houve justiça...
    Rui Pires

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um acontecimento absolutamente impensável, pelo número de vidas que custou... e da maneira que ocorreram... numa estrada... que deveria ser um meio de fuga e se revelou uma ratoeira...
      Concordo com o que dizes, Rui!...
      Mas enquanto houver uma densa floresta de interesses obscuros, que apenas sirva alguns... muitos mais incêndios, continuarão a haver, no nosso país... pois, por mais limpezas às matas florestais, que estejam por fazer... há que não esquecer, que a grande maioria dos incêndios tem origem criminosa, por algum motivo... e este... que começou a ser considerado, como tendo origem numa trovoada seca... já estará a levantar dúvidas... pois tais fenómenos atmosféricos que proporcionassem tal... afinal parece que ocorreram horas depois do incêndio começar... os locais residentes mais próximos... não ouviram trovoadas secas... nem molhadas... na altura do início do incêndio...
      Responsabilidades... deverão ser partilhadas pelos vários governos, que desmantelaram os serviços florestais... pela falta de leis, para castigar com pena máxima sem contemplações, quem é apanhado em flagrante e que ao fim de meia dúzia de dias é libertado... a justiça... também deve ser célere em situações destas... e a sua demora para julgar casos destes... só vem acrescentar conivência a toda esta problemática...
      Muitos políticos... tem amigos influentes ligados à indústria das madeiras... das redes de comunicações... da protecção civil, até dos meios de combate a incêndios... tudo isto... é um bolo enorme de interesses sórdidos... que não visam o interesse nacional, de forma alguma... mas por detrás de cada incêndio com origem criminosa... haverá alguém que ganha com isso... enquanto outros perdem bens, meios de sustento... e vidas...
      Em matéria de falta de limpezas... por estes lados mesmo... temos estradas onde a vegetação entraria pelo carro dentro se as janelas estiverem abertas... estradas com um movimento incrível... que muitos utilizam, como alternativa a outros caminhos para chegar a Loures por exemplo...
      Aqui mesmo, na minha rua... tenho uma avenida com árvores... plátanos, castanheiros e palmeiras... com uma altura inimaginável, num parque fechado, onde ainda mora uma ou duas famílias... nesse parque de consideráveis dimensões (onde em tempos, até funcionou uma escola básica e secundária)... as folhas secas... amontoam-se de ano para ano... bem ao lado de uma estrada... em que alguém, enquanto guia, pode muito bem ver-se livre de uma beata, sem grandes contemplações... e provocar um incêndio... os plátanos... nem sei quantos metros terão de altura... e em dias de vento... já não é o primeiro que tomba e cai para a estrada...
      Há uns anos, uma amiga vinha a passar bem ao pé da minha casa... uma das árvores caiu... ela e o marido ficaram de um lado... os filhos ficaram do outro... e tudo isto... numa vila cheia de movimento, de gente e transito... a dois passos de Lisboa...
      É o pais que temos, Rui! O curioso... é que no fim de semana dos incêndios... as moto serras não pararam no parque aqui ao pé de casa... mas depois disso... já não se ouviram... e tudo continua como dantes...
      Um pequeno exemplo, à escala... da actuação do nosso país...
      Imensamente grata, pela tua visita, e pelas tuas considerações, que todo este trágico acontecimento proporcionaram!...
      Beijinhos! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
    2. Grato eu pelas tuas palavras, as quais subscrevo em total consonância!
      Bj

      Eliminar
  40. Bonita homenagem e a ela me junto só com o pensamento nas vitimas inocentes desta tragédia. Como diz o amigo Rui Pires, as leis existem, mas não são cumpridas e ninguém se importa. Os presos, na sua maioria, até gostariam de estar ocupados e por que não colocá-los a limpar florestas e à volta das casas das pessoas idosas que já não têm capacidade de limpar? Aos que podem e não o fazem há as multas e, saindo dinheiro do bolso, todos se apressam a cumprir a lei. Antigamente havia os cantoneiros que mantinham as bermas das estradas limpas, mas, hoje, quando vou para a aldeia onde nasci, há beiradas cheias de mato e o povo que lá vive agora mudou muito e já não se preocupa com isso. Tem que ser as juntas de freguesia a tratar disso, mas, claro, se for muito rigoroso perde votos e isso também não lhes interessa, Ana, esperemos que tudo isto sirva de alguma coisa e as autarquias e juntas comecem a ser rigorosos com o cumprimento da lei, mas...confesso, não tenho muitas esperanças. Um beijinho e obrigada
    Emilia

    ResponderEliminar
  41. OI ANA!
    UMA TRAGÉDIA QUE ATINGE A TODOS, POIS AS IMAGENS SÃO DOLOROSAS E PENSAR-SE NO SOFRIMENTO DESSAS PESSOAS, DÓI NA ALMA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  42. uma foto para apaziguar...
    a tristeza a raiva e a dor...
    :(

    ResponderEliminar
  43. Boa tarde, Ana Freire.
    Ficou a flor da esperança e da dor.

    O que se passa neste País custa!
    Custa a perceber, custa a acreditar,custa a aceitar.
    Custa!

    Quanto custam estes mortos,
    esta população atingida,
    este mar de gente fardada?
    E a desgravatada?
    Quanto custa a cinza que fica?

    Custa ver tanta vida ardida
    todos os anos reardida.
    Enquanto tiver um sopro de ar?

    Bj.

    ResponderEliminar
  44. Terrível o que sucedeu.

    Gostei da imagem e da definição de saudade.

    um beijinho

    Gábi

    ResponderEliminar
  45. Fiquei muito triste, especialmente quando vi as imagens pela TV. Realmente, estamos em um momento planetário dificílimo!
    O vídeo é emocionante, Ana!

    ResponderEliminar
  46. Penso que ninguém ficou indiferente, impossível! Alguém falou num programa de informação e é verdade, as pessoas da aldeia passam despercebidas, ninguém quer saber delas, quem vive no interior, vive num grande isolamento, lamentavelmente foram notícia no seu país e até no estrangeiro, pelas piores razões! Não devia ser assim! Mas é a verdade nua e crua!
    O impensável aconteceu... nada devolve as vidas sacrificadas, um país que não aprende a organizar-se! Todos os anos falhas! São muitas falhas! E desta vez foi demais!
    Nada funciona! É só demagogia e mais demagogia e na prática, zero! Muita burocracia que impede uma maior agilidade ...muita confusão!!!e quando se vai ao acontecimento, já está tudo perdido, é a política do "remedeio" Sempre a mesma burocracia inútil! Em todos os serviços! Não sei se algum dia este estado de coisas mudará, provavelmente quando tudo ficar queimado!
    Enfim... é revoltante... a inércia ... todos apenas preocupados com o seu quintalzinho e o resto ? o resto que se lixe! Enfim, enfim, enfim!
    Beijinho e boa semana!
    PN

    ResponderEliminar
  47. Bom dia Ana, deixo meu abraço solidário, que tristeza ver aquelas imagens, seres humanos se derretendo nas chamas sem chance de salvamento. como existe pessoas maldosas e desumanas, pois a tv aqui nos informa que foi incêndio criminoso.
    Tenha um abençoado dia.

    Bjs!

    ResponderEliminar
  48. O branco da paz Ana, na bela flor.
    A dor nos atingiu no além mar.
    Cada vitima doeu em nós.
    Paz e conforto de alma para as famílias.
    Meu abraço de solidariedade ativa.

    ResponderEliminar
  49. Num momento de profunda dor, a música é terapêutica. Beijo

    ResponderEliminar
  50. Hoje os meus irmãos rumaram a Pedrógão Grande com um grupo de holandeses para distribuir comida e bens que lhes estão a fazer falta. Queria muito ter ido mas sendo o último dia de férias, e com crianças, não pude deixar os afazeres.
    É um desastre que dificilmente vamos esquecer.
    Beijinhos

    Blogdiariodeumafamilianormal.blogspot.pt

    ResponderEliminar