quarta-feira, março 30, 2016

The house of longing...

Fotos de edifícios e monumentos. / Buildings and monuments in photos.

O que fica de quem parte?
A saudade, e as memórias...
E aqui fica a minha sugestão musical de hoje... Mike and the Mechanics - The Living Years.
Foto de Ana Freire.
"A casa da saudade chama-se memória: é uma cabana pequenina a um canto do coração" (COELHO NETO, 1864 - 1934).
O que fica de quem parte? A saudade, e as memórias... / What remains, of those who have passed?... The longing, and the memories...
A casa da saudade... / The house of longing...
 "The house of longing, it is called memory: it is a little cabin placed in a corner of the heart." (COELHO NETO, 1864 - 1934).
What remains, of those who have passed?...
The longing, and the memories...
Here it is, my musical suggestion for today... Mike and Mechanics - The Living Years. (See the link above, on this post).
Photo by Ana Freire.


96 comentários:

  1. Boa tarde Ana,
    Uma foto fantástica de um "quadro" que tanto me diz.
    Sim, dessas casas restam memórias (e que memórias) bem vivas e lúcidas no meu coração.
    A canção não podia ter sido melhor escolhida.
    Mais um "post" de elevado nível.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grata pela sua presença e palavras, Ailime!... Que tanta motivação nos transmite...
      E quem não tem destas casinhas... carregadas de saudade, não é mesmo?...
      Eu tenho algumas...
      Beijinhos, Ailime!
      Continuação de uma boa semana!
      Ana

      Eliminar
  2. O que o tempo nos retribui
    depois de tantos e tantos anos
    ao som do seu ritmar, sem parar...

    Sugestiva Foto

    "que se eu apanho o Mafioso
    ele é que me vai apanhar
    mas esgano-o só de pensar...hé hé hé *_```````````` "

    Feliz resto de semana
    e um xoxo de aqui dos Calhaus da Covilhã

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O tempo... esse malandro... que nos vai tirando tudo aos pouquinhos... os nossos também... mas enfim... às vezes, ainda nos empresta, por algum tempo... coisas boas e boas pessoas... colocando-as no nosso caminho... aqui e além...
      Muitíssimo obrigada, João, pela atenção de sempre, e pelas suas poéticas considerações... que tanto aprecio!
      Beijos, daqui da Aldeia do Vem Lá Chuva...
      Continuação de uma boa semana!
      Ana

      Eliminar
  3. Ana e são tantas as casas da "saudade"...onde as memórias jamais se perderão no tempo!
    Adoro olhares de portas e janelas...e este está fantástico!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bem verdade, Graça!...
      Também tenho uma razoável colecção, destas casinhas...
      Tenho que começar a publicar mais imagens, de portas e janelas... Reconheço, que têm andado meio ausentes daqui...
      Grata pela sua visita e simpatia...
      Beijinhos! Continuação de uma boa semana!
      Ana

      Eliminar
  4. Quantas casas da saudade existem. Que lindo,Ana! Sempre inspirada! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quem não as tem, não é mesmo?...
      Muito obrigada, Chica!
      Beijinhos! Continuação de uma boa semana!
      Ana

      Eliminar
  5. Muito interessante Ana!
    E aí vem o sentimento saudade em tantas casas que vemos.
    Gostei muito.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em tantas casas que vemos... e em tantas que carregamos, cá por dentro...
      Muito obrigada, Carmen!
      Beijinhos! Continuação de uma óptima semana!
      Ana

      Eliminar
  6. Adorei a porta aberta da casa da saudade. É assim mesmo, a saudade é sempre disponível. Foto que inspira Ana e muito. É só entrarmos para as descobertas e sentires.

    E a música sugerida é igualmente bela, com um vídeo maravilhoso. As cores de outono que eu tanto gosto, de verdade, tudo me levou ao campo da poesia, o que eu te agradeço por partilha tão excelente.

    Muitos beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A porta aberta... para as enchermos com as nossas emoções, saudades e memórias... e para irmos lá resgatá-las, sempre que disso tivermos necessidade...
      Fico muito contente, que as minhas escolhas, continuem agradando, aí desse lado, Gloria!
      Um beijinho grande! Continuação de uma excelente e inspirada semana!...
      Ana

      Eliminar
  7. Que linda foto!
    Tenho a nostalgia da "minha" casa da saudade. Curiosamente, ainda hoje passei na rua onde fica, e onde morei até aos 35 anos.

    Um beijinho:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falando nisso, por acaso, já não passo na minha, há algum tempo... onde morei até aos 23...
      Muito obrigada, Isabel! Beijinhos!
      Ana

      Eliminar
  8. Que bela foto.
    Na casa da saudade viramos uma página da vida e, quando voltamos, nos embriagamos de alegria.
    Forte abraço, Ana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também é verdade, José Carlos!...
      Há que celebrar com alegria... o privilégio de podermos ter tido por perto, quem já partiu... e dos que temos, por agora, junto de nós...
      Um grande abraço! Continuação de uma fantástica semana!
      Ana

      Eliminar
  9. Ana, muito linda a foto, e quem não tem casas de saudade? bjs amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos temos... cedo ou tarde...
      Talvez mesmo, só os mais jovens... possam dizer ainda, que não as têm... e nem sequer as conhecem, ou reconhecem... e ainda bem!...
      Muito obrigada, Zulmira!
      Um beijinho grande! Desejando-lhe a continuação de uma boa semana!
      Ana

      Eliminar
  10. Sem dúvida!
    Sofro com as saudades.

    A foto está fenomenal! Parabéns!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grata pela simpatia, de sempre, Elisa!...
      E quem não tem saudades, de pessoas, épocas... locais, ao longo da vida?...
      Beijinhos! Continuação de uma boa semana!
      Ana

      Eliminar
  11. A saudade...um sentimento difícil de gerir...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não poderia concordar mais, Isabel!...
      Beijinhos!
      Ana

      Eliminar
  12. As tuas fotos são sempre tão cativantes, adorei! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Mia!
      És uma querida! Beijinhos!
      Desejando-te a continuação de uma feliz semana!...
      Ana

      Eliminar
  13. Uma foto muito bonita e marcante!

    http://checkinonline.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Helena!
      Fico contente que tenha sido do teu agrado!...
      Beijinhos!
      Ana

      Eliminar
  14. Não tenho eu mas tens tu, uma excelente foto carregada de nostalgia...

    :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ricardo!...
      Era uma imagem que se proporcionava a isso mesmo...
      Beijinho! Continuação de boa "coordenação"... ;-P
      Ana

      Eliminar
  15. Saudades e memórias... Todos temos, não é mesmo?! O melhor é quando não doem!...
    Foto de muita reflexão...
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faço minhas as suas palavras, Anete!...
      Embora as partidas definitivas... custem um bocadinho...
      Muito obrigada, Anete!... Pela sua presença, e palavras de carinho e serenidade, que muito aprecio...
      Beijinhos! Continuação de uma boa semana!
      Ana

      Eliminar
  16. Oh, gostei tanto da imagem, parece uma porta de sonhos!! :)
    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ana!
      Como era uma porta, um pouquinho maltratada, pelo tempo... associei-a mais ao passado, e às recordações...
      Um beijo enorme! Continuação de uma boa semana, para ti!
      Ana

      Eliminar
  17. Nem me fales de saudades de casa, Sandra...
    Gostei imenso desta imagem e ainda mais por ver o azulejo com o Stº António e transportando o Menino ao colo.

    Um beijo muito amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sandra?!?!... Não faz mal, João!...
      Compreendo perfeitamente, João!... Para mais nesta fase... mas o que interessa, e que ficaram as boas recordações da mesma... e esta mais aconchegante, já deve estar bem bonita, também!...
      São só coisas... João!... O que é importante, a gente carrega bem cá dentro...
      Beijinhos! E não se rale, por isso...
      Ana

      Eliminar
  18. Boa noite Ana.
    Saudades e memórias, eu tenho muitas, que não as tem, não é mesmo? Linda foto, Como uma foto pode nós dizer tanto ? cada qual com a sua propria interpretação.A musica linda. Um feliz final de semana, para você, sua mãe e família. Enorme abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Mirtes!...
      Ter saudade e memórias... também é bom... significa, que já vivemos, um bocado... e já muita gente terá passado, pelas nossas vidas... o que nos faz ainda valorizar mais... quem teremos por perto, agora...
      Grata pela sua carinhosa presença, por aqui, Mirtes!...
      Um beijinho grande! Desejando-lhe a continuação de uma boa semana!...
      Ana

      Eliminar
  19. Belíssima foto. Saudades de casas, de lugares de gentes, enchem-me o peito.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como eu a compreendo, Elvira!...
      E como o passado, não se repete... há que tirar o melhor proveito possível, do presente...
      Beijinhos! Continuação de uma boa semana... apesar do tempo, teimar em não ajudar...
      Ana

      Eliminar
  20. Linda imagem!!!!!!!!!! Abençoado dia, Ana!!!!!!!!!!! Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Gigi!
      Desejando-lhe igualmente um feliz dia...
      Ana

      Eliminar
  21. Oi Ana querida

    É verdade, a saudade tem nome e endereço fixo...


    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Ani!... Mora no nosso coração...
      Beijinhos!
      Ana

      Eliminar
  22. memória e saudade, bem conjugadas com a fotografia e a música. a nostalgia positiva!
    :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Henrique!
      Fico contente, que tenhas apreciado o post...
      Beijinho! Continuação de uma feliz e inspirada semana, por aí!...
      Ana

      Eliminar
  23. A saudade seria impossível sem memória, e sem memória seríamos apátridas de nós mesmos. Não saberíamos quem somos.
    A foto é linda. E todos nós temos saudade da casa da nossa infância, ou da casa dos avós, ou tios. E de pessoas que que só já habitam a nossa memória.
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São as memórias que nos dão identidade... e fazem de nós o que somos hoje, Laura... com todas as lições inerentes às mesmas... e as saudades... é o preço a pagar... por termos tido pessoas com muito significado na nossa vida... que partiram de forma definitiva ou não...
      Grata pela tua presença e palavras... já indispensáveis, por aqui!... :-))
      Um beijo enorme! Continuação de uma boa semana!
      Ana

      Eliminar
  24. Feliz fim de semana Bonita~_````````````

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grata pela atenção de sempre, João!
      Beijinhos, daqui da Aldeia do Chove à Farta...
      Continuação de boa semana!
      Ana

      Eliminar
  25. A foto é muito bela e você lhe deu um nome bem significativo. Quantas memórias deve guardar! As nossas também são ricas e não podemos perdê-las, pois nos proporcionam a chance de estar, mais uma vez, em lugares que nos marcaram. Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo, Marilene!
      Recordar... é poder viver novamente, momentos marcantes... momentos bons, de preferência...
      Agradecendo a sua presença e amabilidade de sempre... desejo-lhe a continuação de uma excelente semana, Marilene!
      Beijinhos!
      Ana

      Eliminar
  26. o k fica de quem parte, pergunta a Ana... tanta coisa... minha querida, responderei, aliás, creio k todos nós, já tivemos essa experiencia, com acento, ou estaremos, infelizmente, a tê-la.
    ninguém a ela é imune. bom... mau..., interrogamo-nos. Deixemos k a memória responda.

    pensei k o vocábulo saudade não tivesse tradução noutras línguas, a não ser na nossa, embora as gentes da Galiza tenham, segundo penso, uma mto equivalente.

    a memória é um templo, melhor que qualquer dos da Antiga Grécia ou Roma Antiga, onde tantas civilizações, entre aspas, aqui fizeram e fazem poiso. e não é que a engrandecem...
    qdo a perdemos, parcial ou totalmente, ficamos inconscientemente tristes, cinzentos, abúlicos e sem referencias, com acento circunflexo, e já nada faz e tem sentido, e como isso é sentido por quem a perde... ai, fala o coração, já sem voz...

    gostei imenso da porta, de aspeto rude, grotesco, provinciano, mas pintada de vermelho tem ainda mais vida. e aquele verde, aquele musgo, aquelas ervas afagam-na de uma maneira tão íntima e aconchegante. gosto do enredo, gosto.

    ouvi os 6 minutos e alg. segundos do vídeo, k achei interessante e k me pareceu ter a ver com a temática escolhida. não conhecia o cantor, mas gostei da voz, do som e das imagens significativas que lá vi.

    agradeço a sua visita e preocupação. a cirurgia foi remarcada para dia 05 de Abril, mas ainda sujeita a confirmação prévia, na segunda feira.

    beijinhos, dias de luz e paz interior, pke neste lugar, no seu blogue, não existe um só olhar, mas vários, sinal de pluralidade e onde TODOS já fazem parte da mobília, entre aspas, há muito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Céu!
      A saudade e as memórias, são sempre o preço a pagar, pelo facto de, na nossa vida, passarem pessoas e circunstâncias... que por qualquer razão já se foram... temporária ou definitivamente...

      A imagem... por se tratar de uma casita abandonada, que já conheceu melhores dias... associei-a à nostalgia das perdas... quer de circunstâncias ou de pessoas... pareceu-me apropriada para materializar tal sentimento...

      A música escolhida... fala disso mesmo... da necessidade de não deixarmos nada por dizer, às pessoas que amamos... pois por vezes... tal oportunidade, de repente, perde-se na vida, ou no tempo... e iremos recordar tal, e carregar essa amargura connosco...

      Espero que esteja a recuperar da melhor forma, desta nova intervenção, Céu... e que o processo, esteja a ser tão indolor, quanto possível, nestes primeiros dias após a mesma...
      Beijinhos! Desejando-lhe a continuação de uma boa recuperação... e a continuação de uma boa semana, dentro do possível...
      Ana

      Eliminar
  27. Ana, boa noite!

    Vim te dar um beijo e desejar um ótimo final de semana, com os seus queridos, com alegria e tranquilidade.

    Mais beijo e abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grata pela imensa gentileza, Gloria!...
      Desejando-lhe igualmente, um feliz final de semana, na companhia dos seus...
      Tudo de bom! Um beijo imenso...
      Ana

      Eliminar
  28. A fotografia sugere aquela nostalgia da casa que ficou lá...
    _de porta pintada e encrustada de saudade.
    Suas publicações são sempre assim,me comovem.É que estou assim também _ sentimental.
    Ana, tenho falhado nas visitas mas tenho 'razoes que a propria razão desconhece ' rsrs é uma frase que já li em algum lugar ... rs mas é que nao sei explicar o que se passa comigo_ insegurança desinteresse cansaço outros imperativos na vida ainda incompletos.
    Em suma_ estou mal ... rs
    Não leve tão a sério mesmo sendo.
    meu abraço querida
    Eu volto melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Lis!
      Grata pela sua presença, e palavras!... Mas fiquei preocupada, sim!...
      Espero que o que quer, que a esteja deixando assim, um pouco mais em baixo, seja em breve ultrapassado, e que esta pausa, lhe faça muito bem, e lhe dê ânimo... trazendo de volta a nossa Lis... de sempre... mas sem vislumbre de tristeza...
      Fique bem, Lis!... E quando puder vá dando notícias... pois já estou com um montão de saudades suas... desde aqui até à Lua... mas compreendo, que haverá fases, em que a gente precise de ter espaço, só para nós... e colocar as ideias em dia...
      Um abraço bem apertado, e um beijinho grande... e acho que nem preciso lembrar o quanto a Lis nos faz falta a todos, né?... Cuide-se!!!!
      Tudo de bom! E até breve!...
      Ana

      Eliminar
  29. Respostas
    1. Muito obrigada, Teresa!
      Beijinhos! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  30. Uma fotografia fantástica e se esta porta falasse minha amiga muitas histórias teria para contar com toda a certeza.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Certamente, Francisco!... E já de algumas décadas para atrás...
      Grata pela sua presença, e simpatia de sempre...
      Abraço! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  31. It's very
    It's very interesting. The framing is really good.
    The doors are very photogenic subjects especially the old. intresting. Great farming..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Thank you so much, for your kind words, Olivier!
      I'm glad that you have liked our post!
      All the best!
      Ana

      Eliminar
  32. Respostas
    1. Grata pela tua presença e simpatia, Thaís!
      E esperando que a reforma do ap, esteja correndo da melhor forma, por estes dias...
      Beijinhos! Bom fim de semana!...
      Ana

      Eliminar
  33. Respostas
    1. Grata pela sua imensa amabilidade, Francisco!...
      Um abraço!... Desejando-lhe igualmente um bom fim de semana!...
      Ana

      Eliminar
  34. Olá Ana

    ohhhh a SAUDADE, penso que todos nós temos uma casa da saudade dentro de nós:))

    Beijo doce e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui!... Falando por mim... já tenho uma colecçãozinha...
      Bem-Vinda, Cristina!
      Grata pela sua presença, por aqui, e simpatia... e agora que nos descobriu... volte sempre que queira!
      Um beijinho grande! Bom domingo!
      Ana

      Eliminar
  35. Olá, Ana.
    "A casa da saudade chama-se memória" - pois o que nos mata é a memória que não se cala de gritar, provocando a saudade ;)
    Perguntas o que fica de quem parte. Assim, olhando esta "casa da saudade" que nos trazes nesta foto, a mim parece que ficou o abandono, para além das paredes, entretanto comidas pelo tempo e pelas ervas. Há tantas pessoas que partem e deixam para trás, num abandono de dar dó, as casas onde se formaram gente... tristeza é o que fica naquelas paredes, se alguém lhes perguntasse o que lhes restou de quem partiu.

    Tem um bom fim-de-semana
    bj amg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desta casa concretamente... terá ficado sómente o abandono... pois já se encontra assim, há imensos anos... já as nossas memórias... só as abandonamos... quando nos abandonamos a nós mesmos... e aí então... chegam-nos algumas memórias... acompanhadas pelas saudades... mas é bom sinal... é sinal que de alguma forma, a nossa vida não passou em vão... e esteve... e foi preenchida...
      Beijinhos, Carmem! Grata pela sua presença, e considerações... que tanto aprecio...
      Bom domingo!
      Ana

      Eliminar
  36. Bella foto, seguramente que guardará recuerdos inolvidables de otros tiempos en que la vida era mucho más sencilla de la que nos toca vivir ahora.
    Casi todos, llevamos en el baúl de los recuerdos, imágenes de una casa rústica rodeada de árboles y campo, de nuestros juegos infantiles y de esos atardeceres con olor a hierba mojada que no podemos disfrutar en las ciudades.
    Te dejo cariños y te deseo un feliz fin de semana.
    kasioles

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Kasioles! Muitos de nós, trarão consigo, memórias idênticas... vindas da infância, com bonitos entardeceres... e repletas de momentos marcantes... que não se poderão de todo, desfrutar nas cidades...
      Felizes, os que possam recordar essas vivências, mais ligadas à natureza...
      Grata pela sua presença, e amabilidade...
      Beijinho! Bom domingo!
      Ana

      Eliminar
  37. "A casa da saudade chama-se memória..." Amei!!!
    Ai daquele que não tem o que recordar...

    Um lindo fim de semana!
    Bjus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo, Marineide! Sem a menor dúvida!...
      Beijinho! Bom domingo! Esperando que a decoração do ap, prossiga em bom ritmo... e esteja ficando ainda mais bonito, do que já deu para apreciar!...
      Tudo de bom!
      Ana

      Eliminar
  38. Respostas
    1. Oi, Sara! Bem-Vinda!...
      Muito bom, ter-te por aqui!... E agora que nos descobriste, volta sempre que queiras! Adorei o teu espaço!... E sempre que der, por lá passarei...
      Beijinho! Tudo de bom!
      Ana

      Eliminar
  39. Essa porta é maravilhosa e o ambiente à volta faz-me sonhar e pensar nos contos de princesas. Existem recantos mágicos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Mariana!...
      Por vezes, em recantos mais campestres, descobrimos pequeninas pérolas como esta... que nos proporcionam imagens bem inesperadas... e apropriadas para divagarmos um pouco...
      Beijinhos! Tudo de bom, por aí!
      Ana

      Eliminar
  40. Gostei da escolha musical.

    Bjxxx e bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico contente, que tenha sido do teu agrado, Teresa!
      Beijinho! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  41. uma foto lindíssima carregada de nostalgia.
    assim é a vida...
    bom domingo!
    beijinho
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Piedade!...
      É mesmo, uma foto que nos faz meditar na vida... na passagem do tempo... e em quem passou na nossa vida... e em quem temos na nossa vida... e que nos mostra como o tempo é precioso... e impiedoso, também...
      Beijinho! Continuação de uma boa semana!
      Ana

      Eliminar
  42. Olá, cara AF. A fotografia vale por si só uma fortuna. A fortuna de aqui vir e ver. E pensar...

    A minha casa não é
    fortaleza de saudade
    Decidi e ponto final

    Para um futuro frugal
    Recheei-a toda de há-de
    que é um verbo de fé

    As divisões são arejadas
    da cabeça até ao peito e
    não tem portas chapeadas

    Rasguei-lhe largos vãos
    por onde livres se vão
    as brisas da memória

    Bj e boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grata pela sua inspiração, Agostinho... tão iluminada e tão certa... é bem mais saudável rechear a alma de "há-de ser"... do que de "já foi"... mas por vezes... uma ou outra recaída... será inevitável... faz parte de todos... falhar de quando em vez, ao que nos propomos... mas falhemos cada vez melhor... e deixemos as nossas divisões arejadas, o mais possível, e prontas a receber o "há-de ser"...
      Está totalmente certo, Agostinho!
      Abraço! Continuação de boa semana!
      Ana

      Eliminar
  43. As memórias contam belas histórias!
    Que foto encantadora Ana!
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recordar... é reviver, um pouco...
      E às vezes, sabe muito bem...
      Muito obrigada, Gracita!
      Um beijinho grande! Continuação de uma boa semana!
      Ana

      Eliminar
  44. Quantos sonhos, alegrias e tristezas passaram e foram vividas no interior dessa casa.
    Linda fotografia.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Maria!...
      O tempo tudo leva... na sua marcha imparável e impiedosa...
      Beijinhos! Grata pela sua presença e simpatia de sempre!...
      Ana

      Eliminar
  45. Uma fotografia que é um verdadeiro poema de saudade.
    A sugestão musical está perfeita para a mensagem.

    Um beijinho querida Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Fê!...
      Achei a imagem ideal, para abordar o tema...
      Um beijinho grande! Continuação de uma boa semana!
      Ana

      Eliminar
  46. Foto e frase cheios de significados...
    Que vontade de abrir essa portinha e passear pelo interior. Amei o lugar!
    Abraços e feliz final de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Márcia!...
      Associei a imagem à saudade... perante a impiedosa passagem do tempo... que tudo nos leva aos poucos... e nos deixa as saudades... até ao dia... em que o tempo, nos irá levar também...
      Beijinhos! Tudo de bom por aí! Bom feriado!
      Ana

      Eliminar
  47. Admito que a foto me transportou imediatamente para Sintra, ahah. Para uma das suas aldeias rústicas e pequeninas, tão características!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E olha, Mia... que não erraste muito!...
      Esta é mesmo uma casita abandonada, num lugarzinho, aqui bem nos arredores de Loures... e Sintra... não fica muito longe, não...
      És boa observadora! Beijinho grande! Tudo de bom, por aí!
      Assim que tiver um tempinho, por estes dias, irei espreitar as novidades, no teu cantinho...
      Ana

      Eliminar
  48. Olhando essa imagem; percebi
    que já morei em muitos lugares e cadê as minhas portas?
    Com o tempo as coisas senão as documentamos vão se perdendo pelo caminho...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E vão ficando algures... pelo corredores das memórias...
      Beijos, Janicce! Tudo de bom por aí! Grata pela sua habitual presença e simpatia...
      Continuação de uma feliz semana!
      Ana

      Eliminar