sábado, março 14, 2015

Workshop... some work... and some shop...

Fotos de edifícios e monumentos. / Buildings and monuments in photos.

Cidades dentro de outras cidades... assim são os centros comerciais, actualmente...
Locais onde uns trabalham... outros, fazem as suas compras... mas pólos inquestionáveis, de atractividade em torno do consumismo, e do aparente, mas fugaz bem estar, que este proporciona...
Foto de Ana Freire.
"Nada é suficiente para quem o suficiente é pouco." (EPICURO DE SAMOS, 341 a.C - 270 a.C.)
Cidades dentro de outras cidades... assim são os centros comerciais, actualmente... Locais onde uns trabalham... outros, fazem as suas compras... mas pólos inquestionáveis de atractividade em torno do consumismo, e do aparente, mas fugaz bem estar, que este proporciona... / Cities within other cities ... that's what the shopping centers are, nowadays... Places where some are working... others do their shopping... but they are unquestionable poles of attractiveness on the consumption, and its brief good feeling, that it seems to provide...
Cidades dentro de cidades... / Cities within other cities...
"Nothing is enough for the man to whom enough is too little." (EPICURUS, 341 B.C. - 270 B.C.)
Cities within other cities ... that's what the shopping centers are, nowadays...
Places where some are working... others do their shopping... but they are unquestionable poles of attractiveness on the consumption, and its brief good feeling, that it seems to provide...
Photo by Ana Freire.


28 comentários:

  1. Êláááá
    Grande e bela foto em perspectiva...Colombo penso eu.

    Xoxo de aqui dos calhaus e um grande e feliz fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo, João!...
      Uma perspectiva do interior do Centro Comercial Colombo... foi a perspectiva mais direita que consegui descobrir... para disfarçar a ligeira curva que caracteriza os corredores deste Centro Comercial...
      Beijos, aqui da Aldeia da Peúga Enchuta... E votos de um excelente domingo, por aí!
      Ana

      Eliminar
    2. Fica mesmo ao lado... as duas andam sempre a par... ;-))
      Já faz parte da tradição, sempre me despedir do meu Anjo da Guarda, com uma designação diferente do sítio onde moro... uma Vila... mas ainda com um ambiente típico de Aldeia... em algumas zonas... e ainda bem, que assim é... mesmo às portas de Lisboa... ainda temos o melhor dos dois mundos...
      Beijos, João!

      Eliminar
  2. Muito linda a foto e cada vez mais crescem esses shopings... E pior, sempre estão lotados! bjs, ótimo domingo! chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bem verdade, Chica! Nos últimos anos, os Shoppings cresceram que nem cogumelos, aqui no nosso país... um pouco por todo o lado... e o pior... será causarem o desaparecimento do chamado comércio tradicional...
      Um excelente domingo, por aí, Chica!
      Grata pela visita e simpatia de sempre...
      Beijos
      Ana

      Eliminar
  3. E quantas pessoas não buscam ali o conforto de que não dispõem no seu lar ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso, João, este é mesmo um dos Centros Comerciais, aqui da zona, que apresenta recantos mais aconchegantes, e intimistas mesmo, nos seus vários corredores, extremamente convidativos para conversa, leitura, ou simples descanso dos seus frequentadores... sem pressas... nomeadamente, até destinados, ou mais ocupados, pelos mais idosos.
      Como ocasionalmente, o frequento, por vezes com a minha mãe.... sei do que falo...
      A maior parte dos outros centros, força mesmo o consumismo... pois determinadas áreas para descanso, só se encontram mesmo junto às zonas de cafés/restauração... dai que tenha focado mais esta vertente do consumismo...
      Beijinhos. Bom domingo!
      Ana

      Eliminar
  4. O Colombo no seu melhor! Uma perspectiva fantástica.
    Prefiro o comércio tradicional, frequentando pouco os centros comerciais. Vou ao Colombo , quando estou em Lisboa, normalmente de manhã, quando sei que só ali encontro o que pretendo.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi a perspectiva mais direita... deste corredor meio torcido, que o Colombo tem, e que consegui arranjar...
      Por acaso, um local onde até passo com alguma regularidade, por várias circunstâncias... mas, de preferência, também sempre em alturas de menor movimento...
      Beijinhos, Elisa! Bom domingo!
      Ana

      Eliminar
  5. No Arrábida Shopping também sucede uma situação bem semelhante à que descreves.
    Óptimo Domingo , Ana !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por exemplo, no Dolce Vita, as únicas áreas de descanso, estão mesmo junto às áreas de cafés ou restauração... para quem se cansa imenso... como a minha mãe... é um lugar problemático... e no Loures Shopping, também não será muito diferente...
      Beijos, João! Um excelente domingo!
      Ana

      Eliminar
  6. A foto está um espanto!
    Foi tirada a boa hora, porque se vê pouca gente.

    Já aí estive algumas vezes.
    De vez em quando gosto de ir a um Centro Comercial, principalmente por causa das livrarias. Mas não gostaria de trabalhar num desses centros e passar lá grande parte do dia, dias e dias seguidos! Sentir-me-ia presa.

    Um beijinho e um bom domingo:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não estou em erro, foi tirada num sábado de manhã... ainda cedinho...
      As livrarias?... Perco-me na Fnac e na Bertrand, por vezes a ver as novidades...
      Mas estes locais são altamente stressantes, para quem neles trabalha, dia após dia, sem qualquer dúvida... os fins de semana, são uma autêntica loucura... não falando da altura do Natal, por exemplo...
      Beijinhos, Isabel!
      Bom domingo!
      Ana

      Eliminar
  7. os centros comerciais tiveram surpreendentemente muito sucesso em Portugal!!! Isto porque num pais cheio de sol era de prever que as pessoas gostassem de andar na rua... mas pelos vistos eu sou uma raridade!!! :)
    excelente foto, as linhas de fuga criam um grafismo interessante!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um sucesso relativo, alguns... por exemplo, aqui o Odivelas Park, que até já mudou de nome... agora é o Strada Outlet, tem tido fases com imensas lojas fechadas, desde que abriu o Dolce Vita Tejo... algum dia a tendência teria que se inverter... não há espaço... económico... para tantos centros... de uma tão grande dimensão, e tão próximos uns dos outros...
      Obrigada, Paulo! Foi a perspectiva mais direita que consegui obter, daquele ângulo ligeiramente curvo, que o corredor do Colombo, tem...
      Abraço!
      Ana

      Eliminar
  8. Eu desta vez vou ser radical, detesto Centros Comerciais. Só lá vou com alvos muito bem definidos, sou incapaz de andar a ver as lojas...dá-me cabo dos nervos. Acho que esta minha aversão vem do tempo em que as minhas filhas ainda iam comigo comprar roupa para elas e queriam que eu visse tudo o que experimentavam...era um verdadeiro pesadelo que felizmente acabou porque gora já vão com as amigas.Graças a Deus!!!
    A fotografia está excelente, muito boa, a perspectiva. O Colombo assim vazio até parece um Museu...;)
    Beijinhos, Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também só aprecio mais, ir em alturas de menor movimento... como se vê pela foto...
      E há lojas onde simplesmente, nem consigo entrar... uma sensação de claustrofobia galopante... estou-me a lembrar de uma loja de roupa enorme, que o pessoal mais novito, adora de morrer... mas que nem consigo entrar... acabo sempre por me vir embora... que me põe os nervos completamente em franja... tal a multidão e confusão, sempre por lá...
      Agora lojas de livros ou música, ou um cinemazito de vez em quando... já não será um sacrifício...
      Se não estou em erro, a foto foi tirada num sábado de manhã, quando fui lá ter com uma amiga minha... por isso parece tão vazio, ainda...
      Beijinhos, Rute! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  9. Foto muito linda! Gosto de olhar vitrines, de observar tendências e até as pessoas, nesses lugares (rss). Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto, Marilene... mas não nas alturas de maior afluência... Fica-se stressada... sem retirar o verdadeiro prazer de se conseguir apreciar nada, nestes lugares...
      E também gosto de deitar um olhito nas novas tendências, não nego... nem sempre as sigo... mas gosto de estar a par delas...
      Beijos, Marilene! Grata pela visita e simpatia de sempre...
      Ana

      Eliminar
  10. Foto muito bem clicada,Ana,
    gosto de passear entre as lojas também, só que por pouco tempo e sem muita frequência.Algumas galerias maiores tem salas de cinema e são as que mais frequentei nessas férias ,mas nunca sem antes dar aquela espiadinha no colorido das vitrines.
    No meu caso, pouco é suficiente ,Ana
    deixo abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Lis!
      Também aprecio dar umas espiadinhas, nestes locais... mas em alturas bem calminhas...
      Aqui no Colombo, também aprecio mais, as salas de cinema, livrarias, uma ou duas lojas de roupa, e pouco mais... o resto do tempo, por vezes, é gasto em compras necessárias, num grande supermercado, que tem por aqui... e as restantes lojas passam-me um pouco ao lado, mesmo...
      Beijos, Lis!
      Ana

      Eliminar
  11. Fujo deles a sete pés... Mas de vez em quando, lá tenho que entrar neles, ou para comprar alguma prenda ou porque sou arrastado e ameaçado de que se não for "depois não há festa para ninguém". Como não quero que esse "ninguém" seja prejudicado por minha causa, lá vou eu, feito mártir para dentro de um.
    :-)

    A fotografia está com uma simetria excelente. Enquadramento bem estudado e concretizado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. He! He! He!... Cada um tem aquilo que merece...
      Confesso, que também passo por eles ocasionalmente, apenas e só, quando é estritamente necessário.
      Obrigada, Remus, pela visita e comentário...
      Beijos
      Ana

      Eliminar
  12. P.S. Segundo um velhote da aldeia do Lago , na Amieira/alentejo a quem perguntei a razão dos garrafões , respondeu-me:
    Modernices, menina...dizem que espantam as moscas no Verão.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. He! He! He! Eu já conhecia esse truque... mas normalmente, costuma ser utilizado, com sacos de plástico transparentes, cheios de água... pendurados, mais ou menos, ao nível dos nossos olhos, para tal efeito...
      Haverá até quem os tenha pendurados junto a portas, ou janelas de habitação, quando abertas...
      Agora pendurados num portão de jardim, ao nível do chão...
      Será para afastar as moscas que têm vertigens e voam bem baixinho?!?! ;-))
      Nunca tal solução me passaria pela cabeça... para ser utilizada... a essa altitude????
      Muitíssimo obrigada, Elisa, pelo esclarecimento, de tão intrigante questão!
      Beijinhos
      Ana

      Eliminar
  13. Foto milimetricamente bem enquadrada.
    Usou régua, esquadro? rsrsrsrrsrs
    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quase, Jéff! Pode não parecer... mas este corredor, é ligeiramente curvo...
      Obrigada!!!
      Beijos
      Ana

      Eliminar