quarta-feira, março 04, 2015

One day in your life...

Fotos de flores. / Flower photos.

Cada dia da nossa vida... será apenas e só, a oferta mais preciosa que o Universo depositou nas nossas mãos. Saibamos ser gratos por isso, e saber viver, cada dia, intensamente.
Hoje deixo, por aqui, um fantástico video, que o João Menéres, do blogue Grifo Planante, teve a gentileza de me dar a conhecer. Também ele, é um bom amigo, que o Universo se encarregou, de colocar no meu caminho... E a quem eu estou grata, por isso...
Aqui fica o link... Como Ter Um Bom Dia - Gratidão.
Foto de Ana Freire.

Cada dia da nossa vida... será apenas e só, a oferta mais preciosa que o Universo depositou nas nossas mãos. Saibamos ser gratos por isso, e saber viver, cada dia, intensamente. / Each day of our life... it will be just the most precious gift, that the Universe placed in our hands. Let us be thankful for it, and live each day intensely.
Um dia da tua vida... / One day in your life...

Each day of our life... it will be just the most precious gift, that the Universe placed in our hands. Let us be thankful for it, and live each day intensely.
Today I leave, here, a fantastic video, which João Menéres,  from the blog Grifo Planante, (see the link above on this post), had the kindness to make me know.
He is too, a good friend, that the Universe decided to put on my way... And I am grateful for that, too. See the link above on this post...
Photo by Ana Freire.


34 comentários:

  1. Cor , vida e beleza neste teu olhar ímpar!

    Estou maravilhada com a tua foto!

    Parabéns!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Elisa!
      É a imagem de um pequeno malmequer, que me chamou a tenção, pela exuberância da cor...
      E nesse dia, a compacta, até fez o ponto de focagem na direcção certa... às vezes, parece que ganha vida própria, quando se trata de macros, focando o que bem lhe apetece...
      Beijinhos
      Ana

      Eliminar
  2. Beleza sempre por aqui!Linda foto e temos mesmo que bem viver nossa vida,. a cada dia! Quanto ao vídeo, recebi por email e é mesmo lindo! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais, Chica! Apreciar e agradecer um dia de cada vez...
      O vídeo, achei-o simplesmente maravilhoso. Não o conhecia de todo... Felizmente o João descobriu-o, e um dia destes enviou-mo por mail... pelo que lhe estou tremendamente grata por isso...
      Tento sempre ver as coisas, pelo lado mais bonito... se o consigo ou não mostrar... acabo sempre ficando na dúvida... pelo que é com a maior expectativa que fico sempre aguardando as opiniões de todos vós..
      Beijos, Chica! Grata pela simpatia...
      Ana

      Eliminar
  3. De avaria em avaria, fui estando fora. Penso finalmente ter a situação resolvida.

    Sentia a falta destes desafios, destes convites à meditação, aos valores e à análise. De perceber que cada momento que passa, bom ou mau, consciente ou inconsciente, vai sendo o somatório do que será as nossas vidas.
    Como algo de verdadeiramente precioso, em cada momento presente eu vivo antecipando o futuro.

    Beijo / Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De vez em quando, também tenho as minhas fases, por aqui, de avarias ou desconfigurações, no PC...
      Que bom, tê-lo de volta, Armindo... com as suas imagens maravilhosas, e as suas considerações e interpretações superiores, concisas e imbatíveis, que muito admiro, sobre os temas que, por aqui, vou lançando...
      Grata pela amabilidade de sempre...
      Beijos e abraços
      Ana

      Eliminar
  4. Foto que é uma maravilha!
    E o vídeo também é muito bonito.
    Viver a vida dia a dia, é o que está certo, é o melhor que podemos fazer

    Um beijinho:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem qualquer dúvida, Isabel! Há mesmo que saber tirar o melhor partido, de cada um dos nossos dias...
      Achei o vídeo lindíssimo. Não o conhecia de todo... Felizmente, temos o João por perto, que sempre descobre coisas maravilhosas para nós...
      Muito obrigada, Isabel, pela simpatia de sempre...
      Beijinhos
      Ana

      Eliminar
  5. OI Ana e Jorge
    Enfim ,penso que volto aos blog's definitivamente rsrs , a gente sente falta dos amigos ,das trocas de 'figurinhas', dos mimos em palavras ... meu tempo fora foi muito feliz , revi amigos e parentes e porque verão tem sempre muita luz muito azul muito calor. ande por onde andar .
    Agora vai chegando o outono e a volta pra casa.
    Linda cor dessa flor muito bem conseguida. Seu blog está lindo,Ana.
    grande abraço da
    lis

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Lis!!!!
      Que bom tê-la de volta! Fico super feliz, que as férias tenham decorrido na maior tranquilidade, revendo amigos e familiares, e estou morrendo de curiosidade, em ver os lugares lindos que a Lis tem para nos mostrar... e os belos textos, que sempre escolhe, para a gente, com a sensibilidade que já lhe é tão habitual...
      E acima de tudo... estou cheia de saudades, de sentir a simpatia e doçura das suas palavras, por perto.
      Um beijo, e um abraço bem apertado.
      Super contente, por tê-la de volta...
      Ana

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Thank you so much, Gunilla, for your kind words and for stopping by...
      A big kiss...
      Ana

      Eliminar
  7. E com cores
    como as da flor
    a vida é Primavera a cada dia...~_

    Xoxo e feliz dia desejo eu de aqui dos calhaus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos fazendo por isso, João!...
      A ver se a Primavera também se anima, para chegar mais cedo, do que no calendário...
      Beijos, daqui da Aldeia do Foi-se o Vento...
      Ana

      Eliminar
  8. Surpreendeste-me positivamente com esta flor tão colorida e não menos magnificamente fotografada !
    Embora tardiamente - como infelizmente vem sendo hábito nos últimos tempos - venho agradecer-te do fundo do meu coração a gentileza das palavras, exageradas, diga-se, que me dedicas.
    Se te tenho feito alguma boa companhia, isso é mérito teu. Quando há meses te descobri
    num outro blogue, apercebi-me das imensas qualidades que possuis.
    Óbvio que, desde então, fiquei teu fã !

    Mais uma vez, deixo o beijo muito amigo e hoje particularmente grato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora, João, eu é que agradeço do fundo do coração, toda a amizade, simpatia e gentileza, ao longo de todo este tempo, desde que nos descobrimos mutuamente, neste mundo da blogosfera, e por todas as partilhas enriquecedoras, como esta... que nos forçam a olhar para tudo, à nossa volta, de uma forma mais atenta e esclarecida...
      Um beijinho grande, e votos de que tudo corra bem, para o termos de volta muito em breve...
      Ana

      Eliminar
  9. Um brinde à harmonia do espaço que encanta a alma de quem passa e vai ficando. Por que intimamente a vida é isso: uma grande festa realizada com os pequenos detalhes brilhantes que vão se juntando no dia a dia.
    Beijo imenso e parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Teca... também por fazer parte dos detalhes brilhantes, que vou juntando nos meus dias...
      As suas palavras iluminadas, e as suas escolhas, sempre me fazem muito bem... e são já imprescindíveis...
      Um beijo grande...
      Ana

      Eliminar
    2. Até nesta linda fotografia tem pousado um detalhe precioso... ;) Mais beijos e uma boa noite!

      Eliminar
    3. Na natureza, até as pequenas criaturas são preciosas... e têm o seu lugar... em todo o ciclo de vida... nada aparece por acaso... e por isso a natureza nos parece sempre tão perfeita...
      Mais uma vez, o meu muito obrigada, Teca!...
      Mil beijos
      Ana

      Eliminar
  10. essa foto tem um "bug"!!!! :D
    mas está linda... cores bonitas, profundidade de campo pequena e bons detalhes! como eu gosto ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Paulo!!!!
      Mas desta vez, acho que tive foi uma "big" sorte... porque a minha pequenota, nem sempre resolve colaborar nas macros... e o ponto de focagem costuma sair ao lado...
      Tem dias... é como a mim... ;-))
      Abraço
      Ana

      Eliminar
  11. Olá Ana:
    A eterna cumplicidade, que devemos pautar o nosso relacionamento com a mãe natura, que todos os dias nos brinda com a sua grata simplicidade.

    JINHO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E na sua simplicidade, a Natureza sempre nos consegue dar surpreendentes, e tremendas lições de vida... que gosto de ir descobrindo, e desvendando por aqui, de quando em vez...
      Muitíssimo obrigada, Diogo! Pela visita e comentário.
      Sei que tenho algumas visitas nos seus blogues atrasadas, mas conto visitá-los nos próximos dias, sem falta...
      Jinhos
      Ana

      Eliminar
  12. Já estou a imaginar que aquela coisita pousada na flor deve estar toda satisfeita.
    Primeiro, a Ana tira-lhe uma fotografia, depois ainda tem direito a um vídeo indicado pelo estimado João Menéres.
    Há coisitas com sorte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Questiuncas, iria jurar que aquela coisita tão pequena, pousada na flor, não estava lá... não me lembro mesmo, sequer, de ter reparado nela... Só quando passo as imagens para o PC é que costumo ver tudo nas imagens ao pormenor...
      O vídeo? Fabuloso... uma descoberta do João, com todo o mérito, gentileza, e bom gosto que lhe são peculiares... sobre os dias que vamos deixando passar, sem lhes darmos o devido valor, por vezes... bom ter por perto, quem sempre nos lembra do que é verdadeiramente importante, para relativizarmos o que não tem importância nenhuma...
      Obrigada, Questiuncas, pela visita e comentário.
      Abraço
      Ana

      Eliminar
  13. Lembro-me de ver estas flores na antiga casa da minha avó paterna, uma casa que por divino acaso politico, foi deitada a baixo para deixar passar uma auto-estrada. Existia uma beira de um campo que era completamente preenchido por estas flores. Também lembro-me que mesmo à beira, existia uma grande figueira, onde o meu avó colocou um balancé num dos ramos (era uma simples tábua amarada por uma corda de cada lado da tábua), onde os netos guerreavam para ter uso exclusivo do balancé. Também lembro-me que mesmo junto à figueira, lado a lado com ela, existiam duas enormes japoneiras. De copa tão cerrada, que debaixo delas era praticamente escuro. Eram duas árvores que nós, os netos, não gostávamos muito, porque diziam-nos que debaixo delas existiam cobras de lagartos. O que é certo é que cobra nunca vi nenhuma. Mas também é certo que nunca andei a ver se lá existiam.
    Ver esta fotografia soltou-me estas e outras memórias que não cheguei a contar
    Obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamento, Remus, que a casa da sua avó paterna tenha desaparecido, nessas circunstâncias.
      Fico feliz, que a minha foto, lhe tenha trazido boas recordações. Só por isso, já valeu ter tirado a fotografia.
      Grata pela visita e considerações em relação à foto.
      Bom fim de semana.
      Ana

      Eliminar
  14. Muito bonito!
    Tenha um óptimo dia, uma óptima semana!
    Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Rui!
      Grata pela visita, comentário, e simpatia.
      Uma excelente semana, aí para esse lado... e muita inspiração, para muitas pinturas com muita pinta!...
      Bjs
      Ana

      Eliminar
  15. Cores lindas e detalhe que se capta em momento único, como cada dia representa para nós. Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente o que pretendi demonstrar, a fragilidade e preciosidade... em cada um dos nossos dias... aos quais, por vezes, nos esquecemos de dar o devido valor, na correria da vida...
      Grata pela sua visita e palavras de apreço, Marilene...
      Bom tê-la de volta, em força... por aqui... e no seu blogue...
      Beijos
      Ana

      Eliminar
  16. Belíssima macro mAninha.
    O pormenor do inseto na pétala foi a cereja do bolo na foto.
    BJos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Jéff!
      Mas você acredita, que na altura que tirei a foto, nem o vi?... E a flor, também já era pequenota...
      Beijos
      Ana

      Eliminar