quarta-feira, outubro 22, 2014

Serenity...

Fotos do litoral. / Sea coast photos.

E o que acontece, quando olhamos o mundo de uma forma diferente... com calma e serenidade?...
Descobrem-se novos mundos... 
Os horizontes alargam-se...
E acrescentamos mais mundo... ao nosso próprio mundo...

Foto de Jorge Gonçalves... a que associamos, uma música, bem serena... de Christopher Cross, Sailing.


Quando olhamos o mundo, de uma forma diferente, descobrem-se novos mundos, os horizontes alargam-se, e acrescentamos mais mundo, ao nosso mundo. / When we look the world in a different way, new worlds are discovered, before our eyes horizons expand themselves, and we add more world to our own world.
Serenidade... / Serenity...

And  what happens when we look the world in a different way... with calm and serenity?...
New worlds are discovered...
Before our eyes, horizons expand themselves...
And we add more world... to our own world...

Photo by Jorge Gonçalves.
We linked today's post to a serene music from Christopher Cross, called Sailing (see the link above on this post).


26 comentários:

  1. Serenidade e magia nesta genial foto!

    A canção é deliciosa!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Elisa!
      Ficamos felizes, que tudo seja do seu agrado, por aqui!
      Beijinhos
      Ana

      Eliminar
  2. Como quem não teve tempo de tudo realizar, o sol regressa todos os dias. Esplendoroso e confiante renova os ciclos, sempre apontando os caminhos

    Bonitas fotografias.

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Armindo!
      Bom vê-lo de regresso, também por aqui.
      As suas palavras, também sempre iluminam, por aqui, os nossos caminhos.
      Um abraço
      Ana

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Fico feliz, Isabel!
      Esta imagem, hoje é do Jorge... mas a sua, dos candeeiros... também está qualquer coisa de extraordinária...
      Linda de morrer...
      Beijinhos e obrigada pela visita.
      Ana

      Eliminar
  4. Merecias um comentário bem poético, ANA !
    Mas, especialmente hoje e a esta hora, não estou em condições de o fazer...
    A imagem é divinal e a música, esta mesmo ( ! ) já a utilizei há muitos anos atrás para fazer em portugal a apresentação de uma classe de barcos que viria a ser uma das Classes Olímpicas !
    Exactamente, o Laser...

    Um beijo e parabéns por esta dupla magia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, João!
      Já me apercebi de relance, em outro comentário, noutro blog, que teve um dia complicado... por isso, nem se preocupe com isso...
      Estimo que melhore rápido.
      Hoje a imagem é aqui do Jorge, pelo que ficamos felizes, por as nossas escolhas serem do seu agrado.
      É uma música, que se não estou em erro, deve ter aproximadamente, uns 35 anos, mas que continua a saber bem, sempre voltar a ouvir... e de que gosto imenso.
      Se o João a tinha utilizado anteriormente, para tal fim... só posso dizer que já somos, pelo menos, 2 pessoas com bom gosto... HE HE HE!
      Muito obrigada, pela visita e comentário, João! Melhoras rápidas!!!!
      Beijinhos
      Ana

      Eliminar
  5. Se deixar deslumbrar por um pôr do sol colorido assim , é um presente sagrado.
    É como ouvir sons de violão e bandolins... merece aplausos !
    Lindo momento ,o Jorge caprichou no olhar.
    Música também muito bem escolhida Ana _ queria colocar umas musiquinhas também que antes eu sabia mas ultimamente não sei mais rsrs ( acho que esqueci) ...
    Obrigada pelos comentários generosos que tem feito nas minhas humildes postagens , estimula muito o desejo de aprimorar. Seu olhar é que é lindo_ obrigada.
    mando abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ficamos felizes, que tenha apreciado, Lis!
      Colocar a música é muito fácil!
      É só fazer, como um link, absolutamente normal, activando no botão de link no Blogger, a opção que diz para abrir uma nova janela, após colar o endereço escolhido.
      Alguma dúvida, volte a dizer, Lis!
      Beijos e nós é que agradecemos as suas visitas, tão assíduas, por aqui.
      Ana

      Eliminar
  6. o bom de passar por aqui é a tranquilidade oferecida por tantas belas imagens...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, pela visita e comentário, Ricardo!
      Por aqui, também gostamos de um ambiente bem tranquilo... para mantermos as ideias bem iluminadas.
      Um abraço
      Ana

      Eliminar
  7. Isso de acrescentar mais mundo ao nosso próprio mundo, não poderá ser perigoso? Não será peso a mais para a nossa camioneta?!
    Acho que é melhor manter e estimar o que temos e deixar os acréscimos de lado.
    :-D

    A fotografia... só veio acrescentar (leia-se aumentar) a minha inveja. Esta luz, este momento, esta serenidade... tudo muito bem retratado.
    Acho que ficou fantástico o efeito de "círculos de gradiente" criado pela luz do sol.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Metafóricamente... não acrescenta qualquer peso, Remus...
      Claro que temos sempre de manter e estimar o que temos... mas isso não nos impede de ver mais além... até para dar o devido valor... ao que já temos.
      Obrigada pela visita e comentário, Remus!
      Bjs
      Ana

      Eliminar
  8. É mesmo isso que esta foto me inspira...serenidade!
    Olhar e perder-me para além deste sol, destes maravilhosos reflexos, destas cores quentes que enchem a alma.
    A luz fala, diz-nos o que qualquer palavra por mais que me esforce , não consigo exprimir, fico-me com a música que adoro e com a contemplação deste final de tarde.

    Beijos para a dupla Ana e Jorge

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ficamos felizes, por fazermos escolhas do agrado da Manu!
      Aqui a dupla, fica toda vaidosa!...
      Beijos e obrigada, pelas palavras de apreço, Manu!
      Ana

      Eliminar
  9. Preciso confessar, estou com inveja... :D
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também invejo o jeito que o Jorge tem... em conseguir certas imagens...
      Mas quem sabe... sabe...
      Nada a fazer.
      Bj
      Ana

      Eliminar
  10. realmente uma fotografia que representa serenidade. adoro o reflexo do sol... fantástico!!! e ainda se vê uma ladra de chocolatesa passear pela areia :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Paulo, pelas palavras de apreço.
      Um abraço
      Ana

      Eliminar
  11. A natureza nos oferece beleza e exemplos. Contemplá-la, em certos momentos, nos traz paz. A foto ficou mágica e nos leva ao sonho.
    (Eu apenas brinco de fotografar rss e o faço pelo amor que dedico às belas obras que vejo, de verdadeiros profissionais. Quem sabe um dia? Desconheço técnicas e recursos, mas ainda vou aprender. Você é muito gentil.) Bjs,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desta vez a imagem , é do Jorge, Marilene!
      Tal como você, Marilene, nós também brincamos de fotografar... também não dominamos quaisquer técnicas ou recursos... inventamo-las... e às vezes... o acaso, o inesperado, ou o local onde estamos, proporciona a que o resultado, até seja melhor que o esperado... para compensar todas as outras vezes, em que o resultado, não saiu nada bem...
      Mas é a errar cada vez mais... e cada vez melhor... que se aprende... a tirar partido dos nossos recursos... e a desenvolver as nossas próprias técnicas e capacidades... e do nosso jeito.
      E criatividade no fundo, acaba por ser isso mesmo... criar novidade... e para isso não é preciso técnica... basta juntar paixão, emoção, imaginação, gosto por aquilo que se faz... e às vezes, a magia acontece...
      Nós é que agradecemos a sua simpatia, gentileza e visita por aqui, Marilene!
      Beijos
      Ana

      Eliminar
  12. E com esperança de que continue assim
    Globo azul tão mal tratado....

    Xoxo de aqui dos calhaus da Serra e um feliz Domingo para ambos~_

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bem verdade, João... e uma grande parte da humanidade, infelizmente, trata este Globo Azul, como se houvesse outro, do qual, este é só uma reserva de poluição e lixo.
      Aqui mesmo, onde tirámos esta foto, na foz do Lizandro, deu para constatar isso mesmo, um pouco mais acima, a montante do rio...
      Coisas da (in)civilização, dos nossos dias...
      Xoxos aqui dos arredores de Lisboa. Obrigada pela visita, e feliz domingo!!!
      Ana

      Eliminar
  13. O Cross também dizia qualquer coisa como "Ride like the wind to be free again...", embora aqui fique melhor "stay with the sun to be happy again".

    Saudações!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa sugestão, Roadrunner!
      Vou sugerir isso ao Cross... a ver se ele me dá ouvidos... mas duvido... as orelhas fazem sempre falta...
      Saudações!
      Ana

      Eliminar