sexta-feira, outubro 31, 2014

Nature and beauty...

Fotos de animais. / Animal photos.

Arte... Natureza... Vida... Beleza...
Temas que, por aqui, e sempre que possível, andam entrelaçados... em imagens, textos,  pinturas, e outros trabalhos...
Foto de Jorge Gonçalves... e mais um grande pensamento... bem a propósito...
"Na Natureza, uma repugnante lagarta transforma-se numa borboleta encantadora; entre os homens ocorre o contrário; uma encantadora borboleta transforma-se numa lagarta repugnante." (ANTON TCHEKHOV, 1860 - 1904)

Arte, natureza, vida, beleza... Temas que por aqui, e sempre que possível, andam entrelaçados no nosso blogue... / Art, nature, life, beauty... Themes that around here, and whenever possible go hand together on our blog...
Natureza e beleza... / Nature and beauty...

"In Nature a repulsive caterpillar turns into a lovely butterfly. But with humans it is the other way around: a lovely butterfly turns into a repulsive catterpillar." (ANTON CHEKHOV, 1860 - 1904)
 Art... Nature... Life... Beauty...
Themes that, around here, and whenever possible go hand together... in our images, thoughts, paintings, and some other works...
Photo by Jorge Gonçalves... and another great thought, above... quite appropriate.


26 comentários:

  1. A foto está óptima, Ana e o teu texto e a frase do Anton Chekov tem uma actualidade eterna ( infelizmente ).

    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, João!
      O homem tende a desvalorizar o que deveria ser verdadeiramente belo, neste mundo, e a reavaliar tudo, com base noutra escala de valores, onde as mágoas, rancores, invejas, ódios, preconceitos, ganância, egoísmo... tornam quase tudo repulsivamente pequeno e insignificante,...
      A Natureza valoriza as suas obras...
      O homem, por vezes, destrói-se a si mesmo... aos outros, ou tudo o que estiver em seu redor... se isso lhe servir para algum propósito...
      Muitíssimo obrigada, pela visita e comentário, João!
      Beijos, um pouco apressados, por estes dias, em que o tempo se evapora...
      Ana

      Eliminar
  2. Cores do Arco Iris...

    Feliz e radioso fim de semana de aqui dos calhaus da Serra
    xoxo~_

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta foi uma proeza, aqui do Jorge, conseguir apanhar tantas cores...
      Um feliz fim de semana, João, e um xoxo, aqui da Aldeia da Roupa Branca.
      Ana

      Eliminar
  3. Com que então o senhor Jorge Gonçalves também é dado a florzinhas, abelhinhas e borboletinhas?
    Tinha a ideia que ele era mais dado a cactos, vespas e aranhas.
    :-D

    Mas seja como for, independentemente do motivo, objecto ou afins, ele fica sempre bem retratado. Isso é um facto incontornável.
    Além disso ele deve ser um encantador de borboletas, porque ela colocou-se mesmo a jeito.
    Será que acontece com todas as "borboletas" que ele apanha/encontra na vida?
    ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Remus, cactos, vespinhas, e aranhinhas... também se arranja... acho que até se podem ver já algumas lá no perfil do Jorge... aqui no blogue, entenda-se... bichinhos de que metade do planeta, que me houve gritar... desconfia que eu não aprecio...
      Pois é, desta vez o Jorge lá apanhou nesta imagem uma Vanessa Atalanta!
      É mesmo o nome da borboleta!...
      Eu ainda lhe disse que uma Kátia Vanessa, talvez fosse mais bonita... mas ele preferiu tirar a foto mesmo à Vanessa Atalanta, mais conhecida entre os amigos, por Almirante Vermelho, por ter as cores parecidas com as divisas do uniforme naval americano.

      Se o Jorge, é um encantador de borboletas?...
      Hum! Acho que nenhuma borboleta da traça sobreviveu, para dizer que ficou encantada, em o ter visto por perto...
      Beijos, Remus.
      Bom fim de semana.
      Ana

      Eliminar
  4. Oi Ana
    A frase tão boa quanto a fotografia do Jorge.
    Vida breve da borboleta e uma incógnita a do homem _ quem saberá?
    Abraços aos dois amigos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Lis!
      E a Natureza, sempre se aperfeiçoando continuamente...
      E o Homem, sempre destruindo a Natureza, ou se guerreando, entre si, desvalorizando tudo à sua volta...
      Dá que pensar...
      Bom final de semana, Lis!
      Beijos nossos para você...
      Ana

      Eliminar
  5. Que grande verdade e que bela é esta borboleta...perfeitinha.
    Beijinhos e um bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só o Jorge, consegue tirar fotos a borboletas... eu nem a uma borboleta da traça, consigo...
      É uma tristeza...
      Obrigada pela visita e comentário, Rute!
      Bom fim de semana. Beijinhos.
      Ana

      Eliminar
  6. Não podemos julgar, um dia está tudo lindo e brilhante e noutro tudo se transforma, aceitar é a palavra de ordem e neste caso a natureza dá-nos óptimas lições. O que antes foi feio e desajeitado transformou-se numa fulgurante e colorida borboleta.
    Para o Jorge e para ti desejo que continuem os vossos voos alegrando quem vos visita.

    Beijos para os dois

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O engraçado, Manu, é que a Natureza sempre valoriza e aperfeiçoa as suas obras, enquanto a acção humana, parece retirar prazer em desvalorizar ou destruir, muitas das vezes, as suas próprias obras, e a própria Natureza...
      Obrigada, Manu! Pela visita e palavras de apreço.
      Beijos
      Ana

      Eliminar
  7. A foto é bela e a citação é forte. A natureza não nos engana, está sempre desnuda. Mas prefiro acreditar que, na balança, há muitos seres humanos com a mesma transparência, baixando o lado bom. Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem dera que o lado bom, pesasse tanto ou mais quanto o lado mau... mas acho que ainda continua em desvantagem... acho que a citação, também passa um pouco esta ideia...
      Obrigada, Marilene, pela visita, e suas opiniões... que eu adoro, por demais!!!!
      Bom final de semana! Beijos
      Ana

      Eliminar
  8. Bonita e resistente a bonita "Vanessa atalanta", entre nós conhecida como Almirante-vermelho. É uma das poucas que se encontra durante todo o ano.
    Bela incursão na natureza. Está bonita. Obrigado pela concorrência.
    Feliz fim de semana.

    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda não tive oportunidade de verificar se o Armindo, já tinha tirado alguma foto desta borboleta... mas se já o fez... tenho quase a certeza que a nossa borboleta parecerá um Sargento muito pálido, ao pé da sua...
      Incrível como esta borboleta pode fazer percursos de aproximadamente 2000 kms...
      Obrigada pela visita, e considerações em relação à foto, Armindo.
      Um excelente fim de semana.
      Um abraço
      Ana

      Eliminar
  9. a foto está excelente... bonitas cores e bons detalhes!
    quanto ao pensamento apesar de ser verdade na maioria dos casos (infelizmente), não é na totalidade. Felizmente há pessoas que sabem crescer, e manter-se bonzinhos... temos é de nos esforçarmos para ser assim e apreender com que é assim (e não desvaloriza-los conforme acontece frequentemente).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta imagem é do Jorge. Eu sou incapaz de tirar fotos a borboletas... nem a uma traça... não há hipótese... pisgam-se sempre...
      Felizmente, nunca há regra sem excepção, Paulo... ainda que as excepções, às vezes sejam tão raras...
      Obrigada pela visita e comentário!
      Bom domingo.
      Ana

      Eliminar
  10. Belíssima foto! Cheia de cor e de luz! Nunca consegui fotografar uma borboleta...nunca chego a tempo...

    Bom fim-de-semana:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tenho exactamente o mesmo problema, Isabel.
      Só o Jorge consegue aqui estas proezas...
      Obrigada pela visita e comentário.
      Bom domingo. Beijinhos.
      Ana

      Eliminar
  11. A essa borboleta me traz saudades da primavera que ainda esta tao distante por aqui...
    Boa semana Ana! ;-)
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Primavera ainda vem longe, Lúcia...
      Por aqui, vamos apreciando... um Outono, com alguns dias fora do sítio, a parecer Verão...
      Feliz semana, Lúcia!
      Beijos
      Ana

      Eliminar
  12. A foto está muito boa, mas a paciência que não deve ter sido precisa (falo, ou melhor escrevo por mim...) para a apanhar (à borboleta) toda escarrapachada de asas abertas.

    Saudações!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei qual é a técnica do Jorge... mas resulta...
      Normalmente tudo o que voe, salte, tenha antenas, asas, e mais de quatro patas... não me inspira a ficar por perto, durante muito tempo... nem borboletas...
      São nóias...
      Que se há-de fazer?... Ninguém é perfeito...
      Saudações
      Ana

      Eliminar
  13. Respostas
    1. Obrigada, Jéff!
      Esta, foi mérito do Jorge... eu fujo de qualquer insecto... até de borboletas... dá para acreditar?...
      Beijos
      Ana

      Eliminar