segunda-feira, julho 21, 2014

Do with the heart...

Fotos de Flores. / Flower photos.

Antoine de Saint-Exupéry, usou de forma magistral, símbolos, em algumas das suas obras, da forma mais redutora... para expressar os seus sentimentos, mais profundos.
A rosa, foi um dos vários símbolos, utilizados no seu livro, "O Príncipezinho."
Foto de Ana Freire.
"Quando você dá de si mesmo, você recebe mais do que dá." (ANTOINE DE SAINT-EXUPÉRY, 1900 - 1944)
Antoine de Saint-Exupéry, usou de forma magistral, símbolos, para expressar os seus sentimentos mais profundos, no seu livro intitulado, "O Príncipezinho." / Antoine de Saint-Exupéry used in a masterful way, symbols, in order to express his deepest feelings, in his book entitled "The Little Prince."
Ver com o coração... / Do with the heart...
"When you give yourself, you receive more than you give." (ANTOINE DE SAINT-EXUPÉRY, 1900 - 1944)
Antoine de Saint-Exupéry, used in a masterful way, symbols, in some of his works, in the most reductive form, in order to express his deepest feelings.
The rose, was one of several symbols, used in his book entitled "The Little Prince."
Photo by Ana Freire.


24 comentários:

  1. E como adoro ler Saint Exupéri retribuo com uma frase dele que a meu ver tem tudo a ver com esta foto que ficou linda.
    "Foi o tempo que perdeste com tua rosa que fez tua rosa tão importante"

    Beijos Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa frase, Manu, vai sair esta semana, por aqui...
      A rosa de hoje... foi só mesmo para servir um pequeno aperitivo... essa frase é que constituirá o prato principal... por estes dias...
      Obrigada pelas palavras... e pela sugestão, Manu... que vai ser mesmo seguida...
      Beijos
      Ana

      Eliminar
  2. Vi uma rosa salpicada de mágoas...

    Magnífica macro!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Elisa!
      Salpicadas... com água mesmo... pois estavam com um pouco de sede, lá no jardim do Jorge... só podem ter ficado, um pouco mais contentes... a seguir ao banho...
      Beijinhos. Obrigada pela visita, e simpatia de sempre.
      Ana

      Eliminar
  3. Lindíssima foto!
    "O Principezinho" é um dos meus livros de sempre, um dos preferidos.
    Muita gente certamente dirá o mesmo...

    Um beijo e bom fim-de-semana :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Isabel!
      Um livro de que sempre tinha ouvido falar, mas que só consegui ler, e apreciar verdadeiramente, no Verão passado. E não é que, foi amor logo à primeira vista?...
      História simples, mas grandiosa... numa linguagem simples, e marcante...
      E acho que está tudo dito...
      Um beijo. Uma boa semana, e obrigada pela visita.
      Ana

      Eliminar
  4. Oi Ana
    Depois do fiasco da blogagem ter entrado erradamente ( era apenas um rascunho) , venho pedir desculpas.Tive que excluí-la.ok? Um dos motivos da demora em voltar tem a ver com os transtornos que o comutador tem me dado. Pior que é novinho em folha e quisera não ter dispensado o meu velhinho que eu amava tanto kkk
    Esse mudei de ponto do Windows e vive me perturbando fazendo ameças de todo tipo só falta dizer que vai me matar se não obedece-lo rsrs
    Mas prometo voltar logo.Saudades dessa brincadeira que nos estimula a ler escever e sobfretudo fotografar.
    Pra quem essa rubra rosa? hem? para o Príncipe?
    Fica bem, tenha dias bem bonitos e bem coloridos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Lis!
      Nada por que pedir desculpa. Sem qualquer problema.
      Aqui o meu computador, há umas semanas atrás, também ganhou vida própria, e durante uns dias, andou fazendo, o que bem entendeu...
      Windows 8? É o do Jorge... Concordo... uma perturbação completa, a que também ainda não me habituei...
      A rosa? Já não me recordo bem... mas acho que acabou indo para a minha Princesa... a minha mãe...
      Também estou quase parando, por aqui... Semana que vem, também suspenderei por aqui, as publicações, por um bom tempo... para apreciar o Verão, o mais possível.
      Um beijo grande... e não deixe o computador levar a melhor...
      Obrigada pela visita, e doçura de sempre.
      Ana

      Eliminar
  5. A rosa é um elemento fundamental no Principezinho... "Foi o tempo que perdeste com a rosa..." ou "tornaste-te responsável pela tua rosa"...

    Sempre bom lembrar :)

    beijo amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E são mesmo essas frases, que surgirão no próximo post, por aqui, Daniel... na sequência, do que foi publicado ontem...
      Obrigada pela visita, e comentário, Daniel.
      Bj
      Ana

      Eliminar
  6. E as rosas abundam por aí? Assim tão bonitas e cheirosas? Sim, porque até sinto o cheiro dela.
    Mas que terra abençoada é essa?
    Pensava que em Lisboa só cresciam ervas daninhas.
    Ups! Não devia ter escrito isto. Vou sofrer consequências. :-D

    Belo retrato floral. Digno do CCF (Cartão de Cidadão das Floral).
    ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em Lisboa, provavelmente crescerão ervas daninhas... e lá para os lados de Belém, haverá muitas... certamente...
      Aqui para os meus lados, Remus... crescerão mais ervas... da Aninhas...
      Obrigada pela visita, e considerações sobre a foto.
      Ana

      Eliminar
  7. Ah pois...do que te foste lembrar...sempre achei essa história tão estranha e tão bela. Lê-la é fazer uma viagem de tantos caminhos que ninguém a faz de modo igual. E cada um lê ao seu conto e cada um descobre a sua rosa e cada um caminha, acompanhado por uma raposa diferente. A tua rosa tem cores vibrantes, mas respira suavidade. Trouxeste-a de lá ? :):)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é... e eu que descobri esta história tão tarde...
      Mas mais vale tarde... do que tarde demais...
      E realmente é verdade... cada vez que se lê esta história, descobre-se sempre algo de diferente...
      Não... esta rosa, não veio do asteróide B612... veio mesmo do terceiro planeta... a contar do Sol...
      Obrigada pela visita, e comentário, Lina!
      Bom tê-la de volta, por aqui.
      Bjs
      Ana

      Eliminar
  8. Tirando uma prima, não me lembro de nenhuma ROSA...

    :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também eu, João...
      Não me lembro de nenhuma... nem sequer de nenhuma MARGARIDA...
      Gostamos de flores... e as flores não querem nada com a gente, afinal...
      Obrigada, pela visita, João!
      Bjs
      Ana

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Eu e a Lina?
      Ao tempo... desde Fevereiro... Aliás, a Lina foi mesmo a primeira pessoa que eu conheci...
      Bjs
      Ana

      Eliminar
  10. Estou sempre à espera de ver a tua paleta nos meus SEGUIDORES !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem lembrado, João!
      À excepção de 2 ou 3 blogs, tenho isso para fazer em todos os restantes blogs, inclusive no seu...
      Todos os dias, sei que o tenho que fazer... e todos os dias vou adiando... entre as postagens, comentários, e pesquisa de outros blogs...
      Sem sombra de dúvida, isso ficará feito, antes de me ausentar por aqui, no final deste mês.
      Beijos, João.
      Até amanhã... só lá para o final do dia...
      Ana

      Eliminar
  11. Trabalho maravilhoso o seu. A foto ficou encantada.
    Obrigada pelo apoio e carinho. Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu é que agradeço o carinho das suas palavras, Marilene!
      Tudo de bom.
      Beijos e... coragem...
      Ana

      Eliminar
  12. Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Jéff!
      Se você o diz... quem sou eu para o contrariar?
      Beijos
      Ana

      Eliminar