segunda-feira, junho 30, 2014

The true meaning...

Fotos de flores. / Flower photos.

As flores simbolizam vida, paixão, alma, perfeição... e que melhor símbolo... senão elas... para a consciencialização do próprio conceito de amor?...
Também assim o entende, um dos meus autores preferidos da actualidade, que através de palavras simples, e estilo cativante, nos mostra, como o contacto com os elementos da Natureza, sempre nos permite a descoberta de nós mesmos... e uma profunda compreensão da alma humana.
Foto de Ana Freire.
"(...) Nas flores está o verdadeiro sentido do Amor. Quem tentar possuir uma flor, verá a sua beleza murchando. Mas quem apenas olhar uma flor num campo, permanecerá para sempre com ela. Porque ela combina com a tarde, com o pôr-do-sol, com o cheiro a terra molhada e com as nuvens no horizonte." (PAULO COELHO, in Brida, 1990)
As flores simbolizam vida, paixão, alma, perfeição... tal como a consciencialização do próprio conceito de Amor. / Flowers simbolize life, passion, soul, perfection... as the consciousness of the concept of love itself.
O verdadeiro sentido... / The true meaning...
"(...) Flowers contain the true meaning of love. Anyone tries to possess a flower will have to watch its beauty fading. But if you simply look at a flower on a field, you will keep it forever, because the flower is part of the evening, and the sunset, and the smell of damp earth and the clouds on the horizon." (PAULO COELHO, in Brida, 1990) 
Flowers simbolize life, passion, soul, perfection... and what better symbol, for the consciousness of the concept of love itself, but flowers?...
So it is understood, by one of my favorite writers from the present time, who through simple words, and an engaging style, show us, how the contact with the elements of Nature, always enables us to find ourselves... and into a deep understanding of the human soul.
Photo by Ana Freire.


24 comentários:

  1. Queria enviar-te um pps, mas creio não ter o teu e-mail.

    As flores são tão importantes para a nossa alegria...

    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João, o Remus já tem os meus contactos. Enviei-os ontem, junto com a resposta ao mail, que me tinha enviado.
      Obrigada pela atenção, e pela visita.
      Beijo
      Ana

      Eliminar
  2. Maravilhosa foto, excelente perspetiva!
    Gostei da informação adicional!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Rui, pela visita e pela amabilidade...
      Mas as suas fotos, é que são de uma qualidade excepcional, como tenho verificado, agora que acompanho mais o seu blog.
      Um abraço
      Ana

      Eliminar
  3. Adoro flores, preferindo as mais simples.

    A tua foto está soberba...Beleza e simplicidade surgindo do nada!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Elisa!
      Acho que ficou com algum excesso de luz, mas de momento, era a foto que mais se adequava ao texto... que já andava na mira, para sair por aqui...
      Beijinhos, e obrigada pela atenção, e simpatia de sempre.
      Ana

      Eliminar
  4. Parece que não consigo comentar.

    Já tentei 2 vezes e o comentário não entra.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tenho tido exactamente as mesmas dificuldades desde a passada quinta feira, e de alguma forma temos contornado o problema, por aqui.
      Se continuar a ter dificuldades, Elisa, peço-lhe que me diga alguma coisa, no meu, ou no seu blog, para eu ter noção do problema, e ver o que mais poderei fazer...
      Obrigada!
      Bjs
      Ana

      Eliminar
  5. aqui além de retratares excepcionalmente as flores, também lhe ofereces uma moldura muito boa. gosto muito da perspectiva e do enquadramento. a luz está bonita e realça as cores. excelente imagem!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Paulo!
      O enquadramento, acho que não ficou muito mal... mas acho que ficou um pouco, com excesso de luz.
      De qualquer forma, era a foto que, de momento, mais se adequava ao texto... pelo que saltou para o blog.
      Obrigada pela atenção.
      Um abraço
      Ana

      Eliminar
  6. Esta fotografia possui um enquadramento e composição que poderia caracterizar como hollywoodescos, digno da sequência inicial de um filme. Até parece que já estou a imaginar: A câmara vai-se aproximando muito lentamente até às flores, como que entrando neste buraco criado pela rocha e as copas das árvores, tudo ao som de uma música calma e pacificadora, com um ligeiro toque de orientalidade.
    O nome do filme até poderia ser "O verdadeiro sentido" e seria um filme romântico que retrata o amor entre uma lagartixa e um zangão mau humorado e com problemas de flatulência.
    :-D

    A fotografia está mesmo muito bem concretizada. Para além da presença das flores neste terreno meio agreste, a valorização do buraco criado pelas rochas e pelas copas das árvores foi muito bem realçado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Música calma e pacificadora, com um ligeiro toque de orientalidade"...
      Acho que já consigo imaginar as florzinhas, ondulando ao som do Bolero de Ravel... mas acho que não iria combinar com o título do filme... Missão Impossível...
      Só o Remus... para me ajudar a distorcer a imaginação... que deu um nó... por estes dias... com estes contratempos...
      Obrigada pela visita, boa disposição e incentivo!
      Bjs
      Ana

      Eliminar
  7. As flores naquele local fazem a fotografia, mas para assim ser, foi preciso a fotografa ter olho.
    Tenho tido alguns problemas em colocar comentários.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A foto? Lá calhou, Questiuncas!...
      Isso dos comentários, é que me anda a martelar o juízo...
      Assim que puder, tento a solução, aconselhada... aqui pelo vizinho de cima.
      Um abraço
      Ana

      Eliminar
  8. Flores como sinónimo de simplicidade... e logo, de beleza... :)

    beijo amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E que melhor símbolo, de tal?...
      Muitíssimo obrigada, pela visita e comentário.
      Um abraço.
      Ana

      Eliminar
  9. A perspectiva está brutal e dá uma dimensão mais poderosa às flores que parecem congeminar com o céu...Gostei muito!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Rute!
      Vou ficar babando... de vaidade... acho que a foto, ficou um bocadinho, com excesso de luz, para meu gosto, mas as condições de luminosidade neste dia, estavam muito incertas. E acabou sendo uma foto inesperada. Enquanto esperava a luz mais adequada, para um outro motivo, que estaria a fotografar, naquele sítio, um pouco mais abaixo... Uma fonte.
      Beijinhos, obrigada pela visita e comentário... Comentários que têm sido atribulados de conseguir fazê-los e recebê-los, por aqui... por estes dias.
      Ana

      Eliminar
  10. E eis que apareceu...luminosa, cheia de cor, resplandecente, uma rainha que seduz por entre o cenário agreste. É ela, a flor, a que dá vida a que cativa o nosso olhar e nada nem ninguém poderá deter o seu esplendor.
    Bem emoldurada e num cenário fascinante!
    Well done!

    Beijos Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E pronto!... Com um elogio assim... vou ficar andando nas nuvens, o resto do dia...
      Mas como disse à Rute... foi uma foto inesperada, enquanto andava de olho, numa fonte, mais em baixo. A luminosidade do dia, mudou de repente... olhei para cima, e... voilá!
      E depois... junto das palavras de Paulo Coelho... qualquer simples florzinha... parece a estrela mais brilhante do firmamento... Isso também ajuda... e muito...
      Obrigada pela simpatia e comentário, Manu!
      Beijinhos
      Ana

      Eliminar
  11. Isto me lembra muito a fotografia!
    Perdemos muito tempo fotografando, hoje em dia através de celulares e acabamos por perder o momento visual de nossos olhos...
    Embora já tenha trabalhado com fotografia, não perco tempo em retratar a realidade...e sim senti-la...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Percebo isso perfeitamente, Ricardo!
      Senão o virtual, acaba por prevalecer ao real... Por isso ainda não me entusiasmei muito com esse tipo de celulares, nem com computadores portáteis, por enquanto, para relativizar tudo o que o mundo virtual nos pode oferecer... sem perder a noção, do que nos pode retirar... realidade e privacidade.
      Por aqui, também procuro sentir a realidade... unindo a imagem, às palavras... por vezes, complementam-se... e permitem um melhor entendimento da realidade.
      O importante, mesmo, é sentir e entender a realidade... independentemente, do caminho que se escolhe, para tal... Haverá sempre formas distintas de ver as coisas... e ainda bem que assim o é... senão veríamos tudo da mesma forma... e o mundo estagnaria.
      Obrigada pela visita, e pelas considerações.
      Um bom fim de semana!
      Um abraço.
      Ana

      Eliminar