segunda-feira, abril 07, 2014

Lisbon's glows

Fotos da cidade. / City photos.

E quando o sol resolve mostrar-se... como hoje... que outra cidade no mundo consegue igualar-se, à nossa deslumbrante cidade, à beira do Tejo, cheia de encanto, beleza e  de uma luz absolutamente magnífica?...
Por aqui, fica hoje, uma imagem de Lisboa.
Sempre diferente... sempre reinventada... sempre igual a si mesma... e, por isso mesmo, sempre única.
Foto de Ana Freire.

E hoje, deixo aqui, um beijo especial para o Danny... "a super-estrela" que abrilhantou o meu sábado, com  a sua performance, tão especial, cantando uma das minhas músicas favoritas, no momento... Anselmo Ralph, com a canção: "Não me toca".
Obrigada, Danny! Adorei...

E quando o sol resolve mostrar-se... como hoje... que outra cidade no mundo consegue igualar-se, à nossa deslumbrante cidade à beira do Tejo... Lisboa? / And when the sun decides to show up... like today... what other city in the world, can be compared to our stunning city, on the edge of Tejo river... Lisbon?
Lisboa / Lisbon

And when the sun decides to show up... like today... what other city in the world, can be compared, to our stunning city, on the edge of Tejo river, full of charm, beauty and with such a magnificent light, like this?
Here it is today, an image of Lisbon.
A city always different... always reinvented... always equal to itself... and because of that, always unique.
Photo by Ana Freire.

Today I leave here, also, a special kiss to Danny, who brightened my saturday, with a great performance of one of my favorite songs, at the moment... Anselmo Ralph, with the song: "Não me toca".

Thanks, Danny! I loved it...


12 comentários:

  1. Se o sol aparece, coisa que está a ser rara nesta primavera, temos logo que aproveitar.
    E quando se tem uma cidade assim a nosso pés, a tarefa até parece que fica mais fácil e irresistível. É só procurar o melhor lugar, enquadrar e disparar.
    O segredo desta fotografia acho que foi saber escolher o local e ter o sol mesmo a jeito.

    Já sabia que o pessoal daí era estranho, mas agora tenho a prova. Então não é que alguém se deu ao trabalho de grafitar uma chaminé? Que assim à primeira vista, diria que estaria inacessível...
    Gente estranha... Gentinha estranha...
    :-P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso, também só à bocado é que reparei também.
      Houve mesmo alguém que esteve à altura da situação... a grafitar a chaminé. Eu teria vertigens...
      Há com cada artista, por aqui!!!
      A começar pelos da banda de cá, alguns, que até são simpatizantes do fcp...
      Mais do que prova, de que por aqui somos todos... mesmo bem esquisitos...
      Um abraço
      Ana

      Eliminar
  2. Já percorri muitas cidades por esse mundo fora, mas Lisboa é incomparável pela sua diversidade, pelas gentes, pela desordem que se torna bela e pela arquitectura única.
    Tinha planeado visitar Lisboa este fds, mas o Sábado amanheceu chuvoso a oeste e desisti, mas um dia destes prometo que vou lá passar um dia inteirinho de máquina em punho.
    Esta foto ficou soberba!

    Beijos Ana

    ResponderEliminar
  3. Obrigada, Manu!
    Lisboa é sempre agradável, faça sol ou chuva.
    É muito nossa, e isso nos basta, mesmo com todos os inconvenientes que por vezes lhe conhecemos... mas já faz parte...
    Quando por lá passo, sempre que posso, com mais disponibilidade, também aproveito para tirar as minhas fotos... mesmo nos sítios mais improváveis.
    Beijos
    Ana

    ResponderEliminar
  4. Uma cidade encantadora é o que todos dizem Ana_ breve irei conhece-la, já está agendado. rs
    Gosto de ler a respeito dessa capital que em cada esquina respira a poesia de Fernando Pessoa.
    Bela foto,
    deixo abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Lis!
      Uma cidade incomparável, cheia de contrastes, onde o velho e o novo caminham lado a lado, cheia de recantos bem típicos e desordenados, por vezes, mas sempre cheia de encanto, com uma bela vista sobre o Tejo, as suas 7 colinas, clima agradável, boa gastronomia... e mais uma infinidade de motivos por descobrir...
      Fernando Pessoa? Sempre um dos meus favoritos, embora nada fácil de entender, por vezes, dada a sua complexidade, mas um dos escritores mais fascinantes de sempre... Por aqui ando relendo algo de um grande escritor, daí desse lado, Paulo Coelho... que adoro, pela simplicidade e fluidez da sua escrita, onde tudo faz sempre tanto sentido... e tem tanto alcance, pelas palavras leves com que sempre se expressa...
      Manual do Guerreiro da Luz, conhece, Liz? Terminando de reler... por estes dias...
      Beijos
      Ana

      Eliminar
    2. Oi Ana
      Conheço sim o brasileiro Paulo Coelho _um escritor muito lido e muito respeitado ,.
      Seus livros falam sobre milagres da vida _já li alguns Brida As Valkirias Onze Minutos mas ainda não o Manuel do Guerreiro _acredito que alguns estão online _vou pesquisar para ler também.
      Adoro ler Ana mas agora com a internet sobra menos tempo para a leitura não digittal, preciso de esforçar pra voltar ao livro_ estou lendo "O Afegão '( Frederick Forsyth) e o 'Silencio das Montanhas' do Khaled Hosseini e ainda não terminei nenhum .Tenho me interessado pelo modo de viver dos orientais aquele povo complexo e por isso instigante.
      Abraços Ana , depois que ver Lisboa te conto se tudo que me passou procede rs quero muito testemunhar.
      bj

      Eliminar
    3. Acho que li algo de Frederick Forsyth, há alguns anos... Se não estou fazendo confusão será um escritor muito, ao género de Ken Follet... He He He!... Fica a dica para uma próxima leitura bem empolgante, sempre com temas super-interessantes, Lis!
      Também ando terminando Codex 632, de José Rodrigues dos Santos, sobre a verdadeira origem portuguesa de Cristóvão Colombo, que diziam ser um navegador genovês. E no próximo Verão, será mergulhar a fundo, num dos livros que eu considero mais difíceis de ler, de sempre, e um dos mais fascinantes, também... O livro do Desassossego, de Fernando Pessoa.
      Vai ver, Lis, que quando vier cá a Portugal, tal como se diz da cidade de Coimbra... também Lisboa ainda tem mais encanto, na hora da despedida...
      Beijos
      Ana

      Eliminar
  5. Grande postal da cidade, este lugar de onde fotografaste é muito giro, já lá tirei muitas fotos tb. Lisboa é muito fotogénica. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Zékarlos!
      Pelo menos é um dos locais mais centrais, na Baixa, onde rapidamente se pode ver um bocadinho acima da linha do horizonte, enquanto se bebe um café, antes de voltar à confusão cá de baixo, novamente...
      Nunca dispenso, quando ando por essas bandas...
      Bjs
      Ana

      Eliminar
  6. E cada vez que vejo a cidade de Lisboa, mais vontade de conhecê-la me dá.
    Assim que o Euro der uma baixada, pretendo aparecer por aí, para tentar conseguir imagens próximas as que vcs nos presenteiam.
    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E garanto que Lisboa terá muito para fotografar...
      Vá se preparando, Jéff...
      Bj
      Ana

      Eliminar