quarta-feira, novembro 08, 2017

All time is eternally present...

Fotos de objectos. / Objects in photos.

A pressa jamais recupera o tempo... apenas precipita a sua passagem, impossibilitando qualquer forma de o apreciar...
Aqui vos deixo o link, com a minha sugestão musical de hoje... Nicholas Gunn - Material, Under the Influence of Music.
Foto de Ana Freire.
"O tempo presente e o tempo passado
Estão ambos talvez presentes no tempo futuro.
E o tempo futuro contido no tempo passado.
Se todo tempo é eternamente presente
Todo tempo é irredimível.
O que poderia ter sido é uma distracção
Que permanece, perpétua possibilidade,
Num mundo apenas de especulação.
O que poderia ter sido e o que foi
Convergem para um só fim, 
Que é sempre presente.
Ecoam passos na memória
Ao longo das galerias que não percorremos
Em direcção à porta que jamais abrimos
Para o roseiral. Assim ecoam minhas palavras.
Em tua lembrança."
(T. S. ELIOT, 1888 - 1965).

A pressa jamais recupera o tempo... apenas precipita a sua passagem... impossibilitando qualquer forma de o apreciar... / The rush, never recovers time... just hastens its passage making impossible of enjoying it...
Todo o tempo é eternamente presente... / All time is eternally present...
"Time present and time past
Are both perhaps present in time future
And time  future contained in time past.
If all time is eternally present
All time is unredeemable.
What might have been is an abstraction
Remaining a perpetual possibility
Only in a world of speculation.
What might have been and what has been
Point to one end, which is always present.
Footfalls echo in the memory
Down the passage which we did not take
Towards the door we never opened
Into the rose-garden. My words echo.
Thus, in your mind."
(T. S. ELIOT, 1888 - 1965).

The rush, never recovers time... just hastens its passage making impossible of enjoying it...
Here it stays the link, with my musical suggestion for today... Nicholas Gunn - Material, Under the Influence of Music. (See the link above, on this post).
Photo by Ana Freire.


99 comentários:

  1. Belo e tão reflexivo! Linda essa engrenagem do tempo...ADOREI! bjs, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Chica! Fico super feliz, sabendo que gostou do que publicámos!
      Beijinho! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  2. Tic tac tic tac
    e mais tic tac tic tac
    faz uma foto
    faz o tempo
    fazemos nós nas correrias
    más e boas alegrias pelos dias
    que a miséria do tempo
    nos consagra nas sua sinfonias
    de prelúdio... ~_````````

    Boa e feliz noite desejo eu
    Beijinhos de aqui dos Calhaus arreganhados brrrrrrrrrrrrrrrrrrr

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, João!...
      Como o tempo é sempre a perder... ainda corremos mais... para ele passar mais rápido, sem a gente se aperceber... :-D
      Grata pela simpatia de sempre!
      Aqui, também está um frio dos diabos! As temperaturas baixaram imenso, nos últimos dias... Beijinhos, daqui da Aldeia dos Pinguins!... Feliz fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  3. Boa noite.
    Fantástica partilha. Adorei ler.
    Apreciei a sugestão musical. Faz meu género.

    Bjos
    Boa Quarta-Feira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Larissa, pela tua presença e simpatia!
      Fico contente, pelas nossas escolhas, serem do teu agrado!
      Será hoje, que passarei no teu cantinho com mais tempo, para apreciar o vosso blog...
      Beijinhos! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  4. OI ANA!
    IMAGEM BELÍSSIMA QUE TEM TUDO A VER COM O TEXTO, TAMBÉM INSPIRADOR QUE ESCOLHESTE.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada. Zilani!
      E que bom saber, que o conteúdo do post foi do seu agrado!
      Um beijinho grande! Feliz fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  5. Quando a gente pensa em tempo, geralmente associa com relógio, não é?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim é, Liliane!
      E que curiosos são os relógios... dão-nos horas... enquanto vão marcando o tempo que nos tiram... já pensou?...
      Grata pela sua gentil presença, Liliane!
      Beijinho! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar

  6. O tempo com as suas reflexões... Pra que pressa?... Curtir o máximo o presente e não se preocupar tanto com o futuro... E a ansiedade, hein, ela insiste em nos deixar em conflito com o relógio...
    Boa reflexão!
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Anete! A ansiedade é mesmo uma grande bandida... que ainda nos vai tirando a capacidade de saborearmos verdadeiramente o presente... antecipando as preocupações do futuro... para quê?... Quando aquilo que tiver de ser... efectivamente o será, de qualquer das formas...
      Muito obrigada, pela gentileza de sempre, Anete!
      Um beijinho grande! Bom fim de semana, para todo o mundo, aí!...
      Ana

      Eliminar
  7. A pressa é inimiga da perfeição, sempre ouvi dizer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenho a menor dúvida, Diana!
      Muito bom, ter-te de novo, por aqui!... e esperando que tudo esteja bem, aí desse lado...
      Beijinhos! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  8. Boa noite , querida Ana !
    O tempo ajeita tudo .
    Estou vivendo o presente ... tempo bom , feliz e saudável demais ..
    Seja feliz e abençoada !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está vivendo no tempo certo, Rosélia!
      Nosso tempo é o aqui e o agora... e tantas vezes se leva uma vida inteira, para descobrir isso...
      Grata pela sua atenciosa e carinhosa visita!
      Beijinho! Feliz fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  9. Engranaje perfecto en la medición del tiempo. El tiempo pasado no tiene vuelta atrás, es el tiempo presente al que hay que vocar nuestras energías, no dejando para el mañana los asuntos importantes. El futuro puede ser incierto.

    Besos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sábias palavras as suas, Ventana!
      De facto não se deve sobrecarregar o futuro, com as questões do presente... tudo é incerto, mesmo!... Pelo que para evitar males maiores... haverá coisas importantes, que só se agravam, quanto mais se adiam...
      Muito obrigada, pela sua amável presença e pertinentes considerações, que sempre aprecio!...
      Beijinho! Feliz fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  10. Uma foto muito interessante para ilustrar um belo texto.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Elvira!
      Que bom que gostou das nossas escolhas...
      Um beijinho! Feliz fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  11. Oh very wonderful photo darling~
    About the time~ The time is so weird
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Thank you so much, dear Sakuranko!
      And we live in weird times, too! I think... :-D
      A big kiss! Enjoy your weekend!
      Ana

      Eliminar
  12. Olá, Ana!
    Excelente poema de T. S. Eliot, estadunidense, que se mudou para Londres, onde conviveu com grandes romancistas e poetas, dentre estes, Ezra Pound, que lhe deu algumas orientações sobre a sua poesia. Outro poema que admiro, de T. S. Eliot, é "Homens ocos" (como foi traduzido para o português.
    Parabéns também pelas bela imagem da postagem.
    Um grande abraço.
    Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um autor que aprecio imenso, apesar da profundidade dos seus trabalhos, dificultar um pouco o seu entendimento, por vezes...
      Adorei descobrir o poema que sugeriu, Pedro, e que ainda não conhecia, confesso... mais uma obra... de mestre!...
      Grata pela sua amável presença, e palavras, Pedro! Fico contente, por ter apreciado o conteúdo do nosso post!
      Um grande abraço! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  13. Então o melhor, mesmo, é ter calma!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De nada adianta fazer com que o nosso tempo, passe bem depressa, com as nossas pressas... pois simplesmente... nem daremos por ele... na grande maioria das vezes...
      Muito obrigada, Isa, pela tua simpática presença!
      Beijinhos! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  14. Hi Ana.

    Beautiful all these cogs.

    Groettie from Patricia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. I'm so glad you like it, Pat!
      Thank you so much, for stopping by!
      Kisses! Enjoy your weeked ahead!
      Ana

      Eliminar
  15. Respostas
    1. Muito obrigada, Francisco! Fico contente, pela nossa escolha, ser do seu agrado!
      Um grande abraço! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  16. Curiosamente Ana ... ainda hoje falava com o meu sobrinho que me dizia:
    _ Já pensaste tia que o "TEMPO" não existe!!!
    E é isso mesmo ... o tempo é de cada um ... à sua maneira ... ao seu ritmo e uns conseguem fazer do seu TEMPO ... um belo aproveitamento e outros não!!!
    Gosto da partilha ... bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade... não existe... e contudo, o tempo revela-se me tudo... deixando as marcas da sua passagem...
      Mas é como diz, Graça! O tempo é de cada um... e cabe a cada um, descobrir a melhor forma de o aproveitar... à sua maneira...
      Muito obrigada, Graça, pela sua simpatia de sempre!
      Fico contente, pelo post lhe ter agradado!
      Um beijinho grande! Feliz fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  17. Uma postagem muito rica. Uma imagem poderosa!! Amei
    Boa, a tua sugestão musical de hoje :)


    Beijo. Um dia feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Cidália!
      Fico super contente, por apreciar o conteúdo que deixámos, neste nosso post!
      Um beijinho grande! Feliz fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  18. A sedução de um bom gosto musical. Excelente e doce poema
    O linke do seu blogue está linkado no meu. Querendo gostaria que o meu também gostasse nos seus blogues a visitar
    Fiz-me seguidor
    .
    brincandocomaspalavrass.blogspot.pt/
    ,
    Votos de muita felicidade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Gil, pela sua amável presença e palavras!...
      E linkar o vosso blog ao nosso, será algo que pretenderei fazer este fim de semana, com tempo, até porque terei mais alguns blogues a adicionar!
      Também já vos estamos seguindo! Um grande abraço! E o maior sucesso para o vosso blog!
      Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  19. E a pressa é inimiga da perfeição.
    Há que dar tempo ao tempo.

    Gosto muito da foto1

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não poderia concordar mais, Fá... e às vezes, sempre descobrimos isso, das piores formas...
      Muito obrigada! Fico super contente, pela imagem ser do seu agrado!
      Beijinho! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  20. Olá, querida Ana, vendo sobre um ponto de vista, o tempo... agora já digo que não quero mais saber de tempo, na medida em que vai passando, menos tempo, rs. E começa a briga, cada 'Ano Novo' não é mais tão bem-vindo! E tem gente que adora, têm pressa na troca de ano. Para ir onde? Lembro de meus projetos para o futuro, nem faço mais, vivo plenamente o presente! A foto adorei, gosto muito dessas engrenagens.
    Beijo, amiga!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Tais!... E por esta altura do ano... começamos a ver gente correndo... na pressa de querer agarrar o seu tempo... já atrapalhados com os seus preparativos de Natal e comemorações do novo ano... Tudo se vive numa pressa imensa... sem desfrutar de nada, verdadeiramente... e para quê?... Como muito bem diz, Tais... para ir onde?... Se as pessoas de agora, nunca estão verdadeiramente presentes... nem sequer em cada momento presente... e por isso, vivemos uma cultura de permanente insatisfação... pois na realidade, somos incapazes de retirar verdadeiro prazer, da maior parte dos acontecimentos, da nossa vida, sempre stressados, apressados, angustiados, e já mergulhando o espírito, no acontecimento seguinte... sem saborear plenamente o actual...
      Engrenagens... da vida e do tempo... que deveríamos saber travar... e não acelerar...
      Muito obrigada, Tais, pela sua simpática presença, e considerações... sempre assertivas e pertinentes... e que tanto aprecio!...
      Beijinho! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  21. Respostas
    1. Thank you so much, Anne!
      I'm so glad, that you had liked it!
      Kisses! Have a great weekend!
      Ana

      Eliminar
  22. Respostas
    1. Muito obrigada, Francisco!
      Que bom saber que apreciou, o que publicámos!
      Um grande abraço! Bom fim de semana!
      Ana

      Eliminar
  23. Such beautiful words! Thanks for the share, keep up the posts!
    Scarlett

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Thank you so much, for your kind words and visit, Scarlett!
      Do you have any blog, that we can follow back?...
      All the best!
      Ana

      Eliminar
  24. Olá
    Sou nova por aqui amei seu blog e esse belo texto. Um abraço . Vou tentar te adicionar no facebook fica na paz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem-Vinda, Brisa!
      Imensamente grata, e feliz com sua visita, e preferência!
      E agora que nos descobriu... sempre que der... volte sempre!
      Um beijinho grande! Feliz domingo, e uma óptima semana!
      Ana

      Eliminar
  25. Carpe Diem o presente sem se preocupar com o futuro desconhecido
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem toda a razão, Alfacinha!... Até porque não se conseguindo prever o futuro, ele nem sempre se apresenta, como o imaginámos, por vezes... mais vale saborear cada momento presente... que é mesmo, todo o tempo, que verdadeiramente dispomos...
      Um grande abraço! Feliz domingo!
      Ana

      Eliminar
  26. Com pressa é inimiga da observação.
    Magnifica fotografia.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As pressas... quantas e quantas vezes... dão em vagares... mas concordo com a Maria... também é inimiga da observação... e em matéria de fotografia tal acontece, imensas vezes... um olhar apressado e pouco atento, pode comprometer uma fotografia... pelo menos, isso acontece-me imensas vezes... quando às vezes incluo, um ou outro pormenor, que depois não aprecio de todo, que esteja na foto...
      Muito obrigada, pela simpatia de sempre, Maria! Beijinho!
      Feliz domingo, para todos, aí desse lado!...
      Ana

      Eliminar
  27. Oi, Ana,

    gosto deste olhar, digamos, polifônico. T. S. Eliot e esta bela fotografia do interior da máquina do interior do homem como sinônimo de máquina. A máquina que nos consome pairando ao redor de tudo e o pêndulo do poema decantando a passagem do tempo. Um quase roçar de tecido entre o leve pousar de uma textura sobre a outra. E assim vamos entretecendo as redes da poesia e da fotografia.
    Beijinho, Ana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, José Carlos, pela sua amável presença, e preciosa leitura do post, que muito apreciei!
      Realmente o tempo consome-nos... por fora... enquanto nos vai oferecendo maturidade, por dentro... e maior experiência de vida, quero crer... :-)
      Tem tanto de construtivo... como de demolidor... mas ainda assim... enquanto dispomos dele, deverá ser aproveitado ao máximo...
      Beijinho! Feliz domingo!
      Ana

      Eliminar
  28. Maravilha, a urdidura intensa dos nos entretecer a memória do que foi publicado em 2015-2016. Pura delicadeza as fotos!

    beijinho,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico extremamente contente, por ter apreciado o nosso vídeo, José Carlos, e saber que as imagens foram do seu agrado!...
      Qualquer dia, faremos outro mais actual... Costumamos fazê-lo a meio de cada ano... neste, ainda não se proporcionou... talvez em breve, quem sabe?...
      Beijinho! Bom domingo!
      Ana

      Eliminar
  29. Respostas
    1. Muito obrigada, Rute!...
      O tempo, é mesmo um bandido, que a gente nunca consegue agarrar... muito nos dá... mas também, muito nos vai tirando...
      Beijinhos! Feliz domingo, para todos, aí desse lado!
      Ana

      Eliminar
  30. Olá!!! :)

    Se tens Facebook e queres dar a conhecer o teu blogue a mais pessoas, e conhecer outros também, adere a este grupo:

    https://www.facebook.com/groups/126383254703861/

    Beijinhos,
    Diana F.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Diana, pela atenção!
      Já falei na tua sugestão ao Jorge, já que é ele, que anda mais no Face...
      Um beijinho grande! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  31. Verdade, verdade, verdade! Tudo verdade!
    Vamos lá pôr pedrinhas na engrenagem do tempo, em vez de a olear com a nossa pressa que, às vezes é tanta, tanta que já nem sabemos aprender a vida.
    Gostei mesmo muito deste conjunto imagem-palavras que, de uma forma despretensiosa, nos faz descobrir aquilo que deveria ser óbvio, mas não o é.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais!... Tanta pressa... para nem se dar pelo passar do tempo... nem se conseguir desfrutar de nada, realmente... há que saber frear a engrenagem... com as nossas escolhas...
      Muito obrigada, Lina, pela simpatia de sempre!
      Beijinho! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  32. E o tempo tira-nos o tempo... e não há maneira de o evitar, pois é uma engrenagem que nunca para.
    Mais um magnífico post, no pensamento, na foto e nas palavras de Eliot.
    Bom fim de semana, amiga Ana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O tempo dá-nos muita coisa... rugas... maturidade... experiência... :-D
      Mas tira-nos, o nosso próprio tempo, de facto... minuto a minuto... muito subtilmente...
      Muito obrigada, Jaime! Fico muito contente, pelas nossas escolhas, serem do seu agrado!
      Beijinho! Feliz e inspirada semana!
      Ana

      Eliminar
  33. Ana, não poderia estar mais de acorfo. São verdades como punhos! Mas às, permitimo-nos sonhar com uma segunda oportunidade, sabendo embora que o tempo é irrepetível.
    Muito obrigada pelos seus comentários, sempre de uma imensa simpatia.
    Tenha um feliz fim de semana.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E às vezes, o tempo, dá-nos mesmo segundas oportunidades... só aí damos mesmo mais valor, à preciosidade do tempo...
      Nada a agradecer, Nina! É sempre um prazer imenso, apreciar as coisas bonitas, que sempre nos mostra, em vertentes tão distintas... no seu encantador cantinho...
      Um beijinho grande! Boa semana!
      Ana

      Eliminar
  34. El poema es una bella reflexión sobre presente pasado y futuro; tiempo que debemos aprovechar al máximo puesto que no se para a charlar con nadie!... Y se pasa en un suspiro. Me ha encantado.

    Un elección muy bonita, la cual nos deleita su lectura.
    Un placer pasar por esta tu casa y leerte.

    Te dejo un beso, y se muy- muy feliz.

    ResponderEliminar
  35. Bonito poema
    http://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  36. obrigada pelo comentário <3
    essa citação, deixa mesmo algo a refletir :)

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  37. A passar por cá para desejar bom fim de semana!
    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  38. Olá Ana,
    Olhe o que está a tua volta,
    Admire o que é agradável e útil,
    É preciso saborear com os olhos.

    Linda ilustração!
    Bjs e bom fds!

    ResponderEliminar
  39. Passando muito rapidamente - nem sequer li o post - apenas para deixar um abracinho.
    O meu genro faz anos amanhã, e eu, a sogra(!!!) vou passar a tarde na cozinha... :))) Onde é que já se viu?????????????

    Bom Fim-de-semana
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderEliminar
  40. Siempre está presente, y por desgracia corre muy deprisa. Aprovechénoslo bien Ana.
    Buen fin de semana.
    Besos.

    ResponderEliminar
  41. "A vida é um ai que mal soa ..."
    Poema e momento musical tão entrosados!
    Aproveitemos o tempo, conjugado no presente.

    Beijinho, querida Ana.

    ResponderEliminar
  42. Boa noite, Ana. Por mim, esteja à vontade. Fico feliz por gostar do nosso trabalho. Amanhã alerto o Gil...Certamente que não se importa.
    Muito obrigada

    Bjos
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  43. Cuidado com as Jeropigas e as castanhes... Hé hé hé

    Boa e feliz noite e Domingo também
    Beijinhos ~_```````````````````````````````````````````´

    ResponderEliminar
  44. o tempo é o grande escultor!
    e dá apenas a ver o lado de cá da obra de arte
    "o outro lado" é intangível

    amei o post, Ana

    beijo

    (espero que tudo se resolva pelo melhor)

    ResponderEliminar
  45. Boa noite!
    Como de costume, estou aqui com o convite no 9º Poetizando e Encantando.
    A imagem para a temática, está muito deliciosa! Com certeza seu poetar vai ser maravilhoso!
    Uma dica! Na imagem tem algo que no PORTO se fabrica e é delicioso!
    O que será!!!
    Amanhã logo cedo postarei.

    Tenha uma noite de paz e que todas as manhãs
    você desperte com vontade de viver... E que nunca,
    de maneira alguma lhe falte FÉ para recomeçar
    um novo dia.
    Abraços, seja feliz!

    ResponderEliminar
  46. Bom dia Ana Freire

    Respondendo à solicitação que deixou no Brincando com as palavras, digo que: Disponha, sem quaisquer problemas. Aliás, será um privilégio saber que alguém como a Ana Freira, administradora de um blogue tão visitado e comentado, destaque algo que eu escrevo.

    Deixo um abraço
    Domingo feliz

    ResponderEliminar
  47. Oi Ana linda poesia. O tempo. Um presente de Deus para todos nós.
    sem ele o que seria dos dias maus? Bjs querida amo vc e Deus ainda mais

    ResponderEliminar
  48. Uma linda poesia e com grande verdade amiga Ana. O tempo presente e o tempo passado
    Estão ambos talvez presentes no tempo futuro. O nosso futuro depende do presente que vivemos, das ações e atos que realizamos...
    Amei! Parabéns! Abraços, tenha um lindo início de semana.

    ResponderEliminar
  49. O mecanismo mostrado mostra o tempo que está fluindo. Só pode ser bom para nós. * Tudo indica que na quinta-feira eu vou fazer a cirurgia. Obrigado pela memória de mim e cumprimentos.

    ResponderEliminar
  50. Cara Ana.As suas visitas são sempre um encorajamento para mim. além disso um hiperligação, reportando ao meu blogue será a mais bela carta de recomendação que jamais tenho obtido.
    Também muito obrigado para a sua informação sobre o dia de finados
    Abraço

    ResponderEliminar
  51. Olá Ana,
    sublime publicação!
    Efetivamente uns apreciam mais o tempo, outros quase que o desprezam...
    O tempo é coisa rara por isso façamos valer a pena cada momento...
    Uma boa semana bem aproveitada!
    Beijo

    ResponderEliminar
  52. Ah... esqueci...
    A imagem é fabulosa e muito interessante! nunca apanhei nenhuma idêntica pelo que adorei!
    Bj

    ResponderEliminar
  53. O tempo, ahh, o tempo!
    Precioso! Mais, muito mais que ouro puro.

    abraço
    Lola

    ResponderEliminar
  54. A pressa. O tempo que nos falta. Cito um livro que ando a ler, de José Tolentino de Mendonça: Como um fabricante de armadilhas desajeitado que acaba sempre prisioneiro das engrenagens que produz, também nós inventamos o tempo e nunca temos tempo. Os nosso relógios nunca dormem. E quantas vezes o tempo é a nossa desculpa para desinvestir na vida, para perpetuar o desencontro que mantemos com ela? Como não temos diante de nós os séculos, renunciamos à audácia de viver plenamente o breve instante"...
    Gostei de ler o poema de T.S.Eliot. Excelente, a fotografia.
    Uma boa semana, Ana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  55. Boa Semana
    as melhoras à Mamã

    e Beijinhos de aqui...

    ResponderEliminar
  56. Um linda reflexão sobre o tempo!!

    bjokas com carinho =)

    ResponderEliminar
  57. Uma foto maravilhosa, soberbamente legendada e musicada.

    Adorei o post!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  58. Oi Ana
    Muita saudade!
    Minhas desculpas pela demora, cheguei a pensar que nao voltaria.Tenho muito apreço pelos amigos e foi dificil me desligar e depois consequentemente, dificil voltar.Mas, estou bem depois de muitos percalços já consigo desenvolver todos os movimentos da mão e agora é exercitar e curtir a vida,mais que nunca rs
    Vou visitar os amigos ,devagar e ver o que cada um tem apreciado.
    Aqui ,como de costume, muito bom gosto da minha amiga.
    Obrigada pelo carinho e um grande abraço

    ResponderEliminar
  59. Boa noite Ana,
    Não posso deixar de estar mais de acordo com as suas magníficas palavras.
    A fotografia é excelente e a música e o vídeo estão em completa sintonia.
    Magnífico "post".
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  60. O tempo que passou não volta mais, não vale a pena correr na ânsia de o tentar recuperar pois só vamos tropeçar.
    A fotografia é incrível e que bem ilustra as palavras sábias que sempre vêm a tempo de despertar algo ou alguém.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  61. Olá, Boa tarde, Ana
    Ontem fui ao relojoeiro, por via da corda e do balanço. O mostrador ficou um pouco "riscado" segundo o entendido, mas está funcional, a dar horas.
    Tinha espreitado esta montra. Só hoje entrei. Digo, tem objectos de valor.
    O Tiésse Eliot tinha olho apurado e delicado, não haja dúvidas.

    A cada presente se faz outro presente
    O passado passou
    E o futuro estará sempre ausente

    Bj.

    ResponderEliminar
  62. Boa arde Ana.
    É amiga a vida nós ensina a viver a cada momento com intensidade, pois a vida é breve,mesmo que tenhamos 100 anos, ainda é pouco para tantas coisas queremos fazer, por isso vamos vivendo o presente, apreendendo com o passado e almejando o futuro, sem desperdiçar o tempo que nós é dado por Deus. Uma imagens diferente e bonita. Felizes dias para você, torço para que sua amada mãe já esteja recuperada. Forte abraço.

    ResponderEliminar
  63. Adorei a foto. Muito mesmo.
    Parabéns, Ana!

    ResponderEliminar